Corleone

 

Se passava pouco tempo da virada do ano 2000, naquela época muitos cometeram suicídio, fizeram loucuras , era o fim do mundo pelas previsões. Ao mesmo tempo a lendária banda FunHouse encerrava suas atividades.
Passado 5 anos, os integrantes resolveram voltar a tocar, com nova formação e uma proposta diversificada e a família mais mafiosa dos cinemas é titulo deste retorno, estava formada a Corleone, uma banda em prol do hardcore.
Passados três anos de todo o alvoroço a Corleone continua incomodado, adquiriu respeito no cenário brasileiro e tem como fato importante em seu currículo a abertura par o show do Agnostic Front, tendo em vista que Roger Miret usou a camisa da banda durante todo o show.
Corleone já na manipula seu próximo golpe, que virá em forma de split com os não menos criminosos “StillxStrong” e um cd full logo ao fim do ano.
Sorte, sucesso e longa vida nesta batalha que é viver no underground a banda Corleone.

http://www.myspace.com/corleonehardcore

 

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas