Covardia Hc

 

Covardia

A banda Covardia surgiu neste ano de 2008 que já se finda.
Letras influências por toda a corja, corrupção que o mundo nos oferece, eles fazem um hardcore com rap muito bem feito.
“Bala Perdida” “Bandana na Cabeça” e “Fé” são os rits agressivos dessa pegada hardcore intitulada em uma das letras de “Uma fusão de Suicidal e Racionais MCs”.
O grupo diz em suas letras mensagens positivas , o cotidiano do ser humano, sobre o “caos viver” em que estamos, balas perdidas, inveja, ignorância e sujeira.
Com apenas um ano a banda já se mostra pronta pra fazer a diferença e traz um elemento importante a união com o rap que diga-se de passagem é uma cultura de protesto assim como o hardcore . Esperamos um ano de 2009 de evolução e força a esta banda que já treme as paredes do interior de Minas Gerais.

Formação:
Michilizzi [vocal]
Ricardinho [guitarra]
Felipe [baixo]
Marcelo [bateria]

Michilizzi [vocal]
Ricardinho [guitar]
Felipe [down]
Marcelo [battery]

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas