Guyome Bery

 

Perguntas: Joanna de Assis

Questions : Guyome Bery

Quais as principais bandas que te influenciam? Você as ouve antes ou durante o processo de composição?

Com certeza muitas bandas e não posso citar todas, mas Last Days Of Humanity , Malignant Tumour , Carcass , Haemorrhage , Dead Infection , Agathocles , Regurgitate, Gore Beyond Necropsy , Anal Cunt , Napalm Death estão entre as que mais me influenciaram e ainda influenciam. bem, não preciso ouvir nada antes de compor, alguns riffs ou tramas de bateria vêem à minha mente quando estou no trabalho ou em qualquer outra situação!!

Sei que trabalha muito, tocar em 3 bandas não é fácil. Em qual delas prefere tocar e por que?

Sim, sou bem ocupado. Mas seria ainda mais ocupado com minhas bandas e projetos se não fosse o meu trabalho, que é longe de casa e durante muitas horas os 5 dias na semana. Não escolheria uma favorita entre as bandas, já que são estilos diferentes. Px Fx e BIVL são mais extremas e TBDLB posso tocar com mais emoção.

Você toca em diferentes estilos. Como isso contribui nas suas composições?

Eu toco grind e death com PXFX e BIVL, já com TBDLB toco doom. Tenho um projeto de Noise e também alguns outros onde toco guitarra e bateria que não são de metal. Penso que os diversos tipos de som que ouço devem contribuir para o meu processo de composição, mas como ouço mais música extrema, não deve contribuir tanto assim.

Shows e planos para o futuro de cada uma das bandas.

Pulmonary Fibrosis trabalha com a nova formação em músicas novas para o segundo album e seguirá em tour em breve com Baptized In Vaginal Liquid & Defecal Of Gerbe. Também tocaremos na Russia no dia 31 de outubro no Petrogrind Fest de São Petersburgo juntamente com BIVL. Já a BIVL que tem um som mais técnico demanda mais tempo na criação e composição. E TBDLB tem alguns shows na França e está também trabalhando em músicas novas, mas uma versão em LP do CD “Blood For the Bloodking”, lançado em novembro de 2008, deverá sair em breve.

Como foram as duas tours brasileiras? Qual das duas foi melhor? Quando e onde foi o melhor show e nos conte com qual das bandas brasileiras?

Ahhhhh, Ainda continuo apaixonado pelo Brasil por causa do Sepultura e outras bandas que escuto desde que comecei a ouvir música extrema. Nossa primeira tour de 2006 foi mais como umas férias já que alguns shows foram cancelados. Mas foi muito bom conhecer gente nova e estar aí. Já em 2008, foi bem melhor, mais shows e estávamos melhor no palco. Obrigado a Yanosh (Jordi) por aprender as guitarras das músicas em 1 dia, héhé. Todos os shows foram diferentes, mas fomos melhores em Sao Paulo, Divinopolis & Bauru e em Joinville & Botucatu, não estávamos tão bem, mas realizamos um bom show. Quanto as bandas, gostamos de compartilhar palco com Flesh Grinder, Expurgo, Offal, Kremate, Plague Rages, Subcut e os alemães da Attack Of The Mad Axeman são bem bons também.

Quais bandas brasileiras mais gosta?

Flesh Grinder, Rot, Lymphatic Phlegm, Neuro-visceral Exhumation, Rotting Flesh, Gore, Expurgo, Subcut, Offal, Holocausto, Sepultura, Feculent Goretomb, Scatological Madness Possession, Clawn, Fornication, Neoplasm Disseminator, Subtera, Evokers, Life Is A Lie, Expose Your Hate, Siege Of Hate, Corporate Death, Krisiun & many more that I forget!!! E muitas outras que agora me esqueci.

Você ensina bateria? Pratica e estuda muito? Quantas horas ao dia? Nos conte da sua bateria.

Comecei a ensinar alguns amigos. Um pouco estranho para mim, já que mal sei como começar um aula, preciso aprender mais sobre isso. Não pratico muito, quando tenho tempo durante a semana, são uns 15 minutos diários e nos ensaios aos fins de semana. Nunca tive aulas, comecei a tocar em 2001 e o que aprendi primeiro foi metranca, haha:hahah. Agora quero praticar mais com o metrônomo para ficar mais fincado no tempo e melhorar. Minha bateria? ba Baptized in Vaginal Liquid uso o kit grande, 2 bumbos, alguns tons, uns 10 pratos, triggers nos bumbos e o meu Axis longboards. Com a PxFx estou de volta com o kit normal: 1 bumbo, alguns tons, alguns pratos, cow bell e o meu pedal DW 9000. Com TBDLB uso um kit minimalista: 2 pratos de corte, uma condução, chimbau, bumbo, caixa eo DW 9000! Sou endorser da www.grindstix.com, que são mais longas que as baquetas comuns e ótimas para tocar rapidamente, uso a 5A na PxFx/BIVL & the 5B na TBDLB!!!

O que diria a um iniciante?

Esta questão não é para mim, pergunte a um baterista, héhé 🙂 Apenas toco bateria, não sou um baterista. Toque por paixão, não por moda . Aprender bateria exige muito tempo, prática, perseverança e paixão, então trabalhe com isso em mente. .

Sei que você grava a maior parte ods instrumentos na PXFx, também faz o mesmo nas outras bandas? Qual parte da gravação gosta mais? (cantar, tocar, mixagem, etc…)

Ah sim, a maioria das gravações com som de merda foram feitas por mim e algumas vezes com ajuda dos outros membros da banda 🙂 Temos também 2 albuns gravados em estúdio, mas mesmo após 10 anos de existência, não tenho muita experiência dentro de um 🙁 Mas de qualquer forma, gosto de gravar, mas preciso aprender mais sobre as técnicas de mixagem e masterização, isso é muito interessante. Como eu mesmo construí o meu estúdio, preciso aprender mais sobre isso, provavelmente irei a alguma escola, aqui na França podemos aprender em uma semana ou num final de semana, assim as próximas gravações estarão bem melhores, héhé.

O que espera do cenário na música extrema nos próximos anos? Como as bandas poderão sobreviver?

Não sei o que dizer. Para falar a verdade, toco o que gosto. Como as pessoas nunca gostaram de grind ou da maioria das bandas de música extrema na França, para mim está tudo na mesma desde que comecei. Mas com certeza seria bom tocar em melhores condições, vamos ver o que vai dar !!!!

 

http://www.myspace.com/pulmonaryfibrosis
 http://www.myspace.com/baptizedinvaginalliquid
http://www.myspace.com/thebottledoomlazyband

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas