Katastrofobia

 

Perguntas: Silvão
Respostas: Katastrofobia

-Fale-me do inicio do grupo?

A banda teve início em janeiro de 2007 fazendo um punk/hc com influências de Cólera,Garotos Podres e Calibre 12.Nesta época faziam parte da banda:Kiko(vocal),Eder(Guitarra),Adaílson(Baixo) e Cro(Bateria).Em abril de 2007 eu entrei no baixo no lugar de Adaílson que não estava tendo mais tempo para a banda e assim começamos a compor músicas próprias e a tocar em nossa cidade.A banda sofreu várias mudanças e hoje está com Cro(que saiu da bateria e foi para o vocal/guitarra),Eu(baixo) e estamos vendo um novo baterista pois nosso atual batera o Alex está fazendo os últimos shows com a banda pois decidiu sair da banda por motivos próprios.

2-Quais as dificuldades que passaram no começo da carreira?

As maiores dificuldades que passamos no início da banda foi em questão de ter poucos lugares para tocar já que na nossa região a maioria dos lugares pedem alguma coisa gravada para escutar e nós demoramos quase um ano para gravar a primeira banda.

3-A banda tem alguma influencia em alguma banda ja conhecida?

Sim!!Em várias!!!Nosso som é uma mistura de Nasum,Disrupt,D.R.I.,Napalm Death,ROT,CHC,Stomachal Corrosion,Extreme Noise Terror,Slayer,S.O.D.,Lobotomia,Olho Seco.Ou seja:fazemos um HC Crust Grind Crossover!!!hehehe

4-Ja tocaram fora do estado de Sao Paulo?

Sim!!!Tocamos no início do ano em um festival em Paraisópolis com várias bandas de Minas e do Vale do Paraíba!!!Foi um grande fest onde fizemos grandes contatos lá!!!

5-Qual foi o maior show ja feito ate hoje?

Essa é uma pergunta um pouco difícil de falar!!!Fizemos shows muito importantes com o Ação Direta em São Jose dos Campos,com os suecos do Civil Olydnad em Guarulhos e também o fest de Paraisópolis,mas creio que o mais importante foi no 1° Reação Underground em São José dos Campos que foi o primeiro show que a banda fez para um público grande de várias regiões do Vale do Paraíba,como Jacareí,Guaratinguetá,Jambeiro,Pindamonhangaba,e tivemos uma grande repercussão por parte do pessoal.

6-Ate o momento,já tem algo gravado?

Temos 2 demos que foram lançados no ano de 2008:”Lutas,Protestos e Gritos da Periferia” e “Fim da Humanidade”.A primeira demo soa mais hc,já a segunda devido as inúmeras influências e as coisas que andamos escutando soa bem mais crust/grind core.Também saímos em uma coletânea do selo Distro Cru$$ificados Pelo $istema com bandas de vários estilos com crust,grind,hc,crossover,noise e thrash metalEstamos para lançar agora um split com uma banda de grind da França chamada Filthy Charity.Creio que agora em março já sai este play com algumas músicas de nossas 2 demos + faixas ao vivo gravadas na Hocus Pocus e uma música nova ao vivo também gravada na Hocus Pocus.

7-Que mensagem a banda passa para seus fans?

Procuramos passar uma mensagem de anti-conformismo e anti-nazifascista.Buscando sempre alertar as pessoas para o mal em que elas estão causando ao seu meio e a si próprio.

8-Falem-me sobre os temas abordados em suas letras?

As temáticas são anti-nazismo,fome e miséria,a destruição do mundo,as desigualdades sócias,o conformismo do nosso povo,exploração de menores e todos esse mal que corrói a humanidade.

9-O que vocês acham da cena crustcore nacional?

A cena crustcore nacional está cada vez mais forte com muitas bandas nascendo e está ganhando um maior espaço tanto no meio punk/hard core como no meio do metal devido as influências diversas do estilo.Esperamos nos firmar ai nesse cenário do crust/grind e levar nossa mensagem a todo esse mundo.

10-Quais sao seus projetos futuros?

Estamos quase lançando o split com os franceses do Filthy Charity e estamos em busca de um novo baterista.Estamos também para sair em diversas outra coletâneas e assim que conseguirmos um novo baterista vamos gravar uma nova demo com mais músicas seguindo essa linha crsut/grind e com letras cada vez mais ofensivas para que possamos cada vez mais passar nossa mensagem contra toda essa podridão existente no mundo.Também esperamos poder divulgar cada vez mais a banda e começar a fazer mais shows fora da região do Vale do Paraíba.

11-Dêem sua palavra final?

Queria agradecer a você Silvão e ao site Cultura em Peso pelo espaço que vocês nos deram para divulgar aqui nossa banda agradecer a todos os nossos amigos que nos acompanham desde o início e os mais novos e as todas bandas que nos apoiaram e também dizer que vamos continuar incomodando muita gente com o som que fazemos e que se algumas pessoas torcem pelo nosso fim saibam que vamos viver por muitos e muitos anos levando a verdade(que as pessoas tanto tem medo) para o este mundo tão podre em que vivemos…

Contatos:
My Space:www.myspace.com/katastrofobia

Telefone p/ contato: (12) 9786-1748

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas