Lycanthropy

 

Guitarra: Laurence
Vocal: Diogo
Bateria: Sidney
Baixo: Silas

João Metal Carnage:
Como que se iniciou este projeto?

– Formamos a banda em junho de 2007, no começo a banda tinha dois guitarrista mas vimos que banda precisava de mais agressividade, um som mais cru permanecemos com um guitarrista só nas duas primeiras apresentações,depois o antigo baterista saiu e entro o Sidney que já
é a segunda apresentação que ele faz com agente. Então agente e muito influenciado mesmo pelo thrash/death bandas como Death, Sepultura música que agente escuta mesmo no meu caso que sou vocal sou muito influenciada por Inmortal, Chuck do Death!

Cremogema:
Alguém é oriundo de outra banda? Pois vocês fizeram uma apresentação perfeita, todo mundo curtiu e centrou a frente do palco, vocês não erraram nada!

– No meu caso e a primeira banda que toco(Vocal: Diogo), o Silas já tocou em outras bandas, o Laurence também,o Sidney é Músico baterista profissional! Então somos uma banda nova!

João Metal Carnage:
Quanto tempo de banda?

A gente tem oito meses na ativa e com o batera novo 4 meses!

João Metal Carnage:
Gostaram da cena de Uberlândia?

– A gente freqüenta a cena de Uberlândia, tinha uma banda Soul Darkness fizeram uma apresentação aqui, agente sempre está aqui no meio, nos eventos de metal da cidade! Foi muito massa tocar aqui,e sem dúvida isso passo uma energia para a banda e incentiva a banda tocar com mais originalidade, sem duvida tocar aqui em Uberlândia foi muito massa!

João Metal Carnage:
Cena de ituitaba?

– Negócio lá é complicado cara, o metal não é muito valorizado! Tem bandinhas de punk ,hard rock, hard core, mas de metal só a
gente na linha thrash/death e músicas próprias também.

João Metal Carnage:
Trabalhos:

Estamos querendo gravar uma demo este ano o mais rápido possível, até o mei odo ano.

João Metal Carnage:
Som disponível?

Temos por enquanto, um pedacinho de um show lá em Ituiutaba, esta semana iremos colocar uma apresentação lá.

Cremogema:
Fora os covers que vocês fizeram bastante na apresentação de vocês, pretendem dar valor as próprias?

Então temos 4 próprias, e fizemos mais 4 covers, mas compondo sem parar, a tendência é que a gente toque somente música própria.

Cremogema:
Que temas as letras abordam?

Cada um faz uma letra baseado em uma experiência! Mitologia, conceitual, juntamos as idéias.

João Metal Carnage:
Influências?

Sepultura, Deth, a mesma influência de todo mundo! heavy metal clássico, com progressivo, death e thrash.

João Metal Carnage:
Projetos para este ano, o que vocês tem?

Prioridade é a demo!

João Metal Carnage:
Recurso para grava é fácil lá?

Não, não é acessível mesmo!

João Metal Carnage:
Contatos:

Orkut:
perfil : Lycanthropy BR

034 -88037576 Laurence
[email protected]

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas