Rebitantes

 

A banda REBITANTES começou no fim de 2003, nos subúrbios do extremo norte de Campinas-SP,
com Bruno no vocal, Eder no baixo, Thiago na bateria, e Diego na guitarra.
Seu primeiro Gig foi em 1 de maio de 2004, a banda toca um Punk Rock-Hardcore libertário,
sempre visando a liberdade e o respeito entre as pessoas,
e repudiando tudo que existe de podre na sociedade e no governo, fatores como, consumismo,
corrupção, mídia da elite, manipulação, fanatismo religioso etc..
Fortemente influenciado por bandas do Brasil e dos vários cantos do mundo,
e uma enorme vontade de montar uma banda para tocar expressando idéias e pensamentos.
O nome “Rebitantes” surgiu da dificuldade de colocar rebites dos modelos menos comuns e menos apropriados em jaquetas,
passavam horas fazendo esse procedimento antigamente, e então foram chamados assim.
Em 2004 foi gravado a primeira demo, contendo seis sons Em 2005 é lançado o primeiro CD com o nome de “Revoltas e Kaos”,
Em 2007 é lançado a split “Nunca Calaremos” pela Toskera Records com as bandas:
Cárcere Privado, Operação 81, Rebitantes, Peligro Ainda em 2007 é lançado o CD “Live in Sorocaba”
gravado ao vivo em 2006.
Ao longo desses anos tocaram com bandas de grande influencia na cena punk nacional tais como:
DZK, Subviventes, Pátria Armada, Invasores de Cérebros e Cólera. E assim a banda segue ativa até os dias de hoje,
tocando um Punk Rock e passando sua mensagem através do som.

fica aqui uma registrado uma das bandas importantes da cena de campinas e região
forte abraço a toda família rebitantes especialmente ao dii meu grande irmão de role.

danilo.

www.myspace.com/rebitanteshcpunk

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas