Grindhouse Hotel fala sobre o lançamento de seu EP

 

Entrevista com o vocalista Leandro Carbonato da banda de Stoner Rock de São Paulo que vem agitando o cenário independente.

1- Como surgiu a Grindhouse Hotel e de onde vem o nome?

Eu (Leandro Carbonato) e o Luiz fizemos faculdade juntos e dividimos um gosto musical parecido, sempre tivemos bandas separadamente. Eu já toquei no Fim Do Silência, Ponto Final, entre outras e ele já tocou no Food For Life e, antes disso, na Drifter, junto com o Gustavo Cardoso, isso no começo dos anos 2000. O Gustavo Cardoso era baterista da Drifter. Juntando estas peças ao Tiago Carandina, que na época morava junto com o Luiz, sauí o Grindhouse Hotel. Nós somos fãs de filmes de terror, e algumas músicas trazem este conceito nas letras como Chosen One, nosso primeiro single que está saindo agora via Monstro Discos, que é uma homenagem ao filme The Omen (A Profecia em português). Por causa disso o nome Grindhouse, que é um filme duplo de terror dirigido por Robert Rodrigues e Tarantino.

2- Você fizeram um tour recente pelo centro oeste e Triangulo Mineiro, como foi?

Para nós esta turnê foi uma grande diversão, tocamos em Brasília, Goiania, Anapolis e Uberlandia, os shows foram incríveis e o melhor é conhecer bandas e fazer amigos, como os caras do Leave Me Out em Uberlandia que nos trataram super bem. Aquele foi um dia que nos lembramos com saudades.

3-  Quais as expectativas do EP que está para lançar e qual a expectativa da banda nomento?

A expectativa para o EP é grande, não vejo a hora de pegar na mão, sentir o cheiro, todas essas bobeiras de quem está muito ansioso para o negócio chegar. Será nosso primeiro lançamento oficial, já que antes disso havíamos lançado apenas uma demo com 5 músicas. Esperamos aumentar nossa base de fãs e fazer cada vez mais shows pelo Brasil, e acho que este EP vai nos ajudar com este objetivo.

4-  O que o público pode esperar do novo trabalho?

Acredito que estamos formando um conceito, definindo o som da banda a cada música que fazemos. Para este EP escolhemos “Chosen One” no lado A e “Monkey Rule” do lado B (no site, ainda teremos uma terceira faixa – Red Pill). Achamos que estas músicas refletem bem o momento da banda e o caminho que a banda deve seguir nos próximos lançamentos. Tem uma novidade também, “Monkey Rule” é cantada pelo nosso guitarrista, o Luiz Fernando. Na nossa demo todas as músicas sou eu quem canto, acho que isso já é uma novidade para os fãs do Grindhouse.

 

5-  Vocês farão parte do Line Up do Goiânia Noise agora em novembro. Qual a visão de vocês que são de São Paulo, capital e fazem parte do Selo Monstro Discos de Goiânia. Qual é a visão e a repercussão que vocês notam por aí, pois para muitos (o Goiânia Noise Festival) é considero o maior festival independente do Brasil, até porque estiveram tocando lá recentemente?

A expectativa para o show é grande, o Noise é um dos melhores festivais de música independente do país, sem sombra de dúvida, assim como a Monstro Discos é o selo mais significativo do Brasil para o tipo de som que fazemos. Estamos muito orgulhosos de fazer parte do time e esperamos apavorar no festival! Eu não penso em nada diferente de o melhor que já fizemos! É esperar pra ver…

 

 

6- Vocês poderiam passar os endereços eletrônicos onde tem as notícias atualizadas da banda bem com a agenda?

Basicamente, tudo você encontra no nosso site: www.grindhousehotel.com.br – Ainda teremos um hotsite, www.grindhousehotel.com.br/chosenone , pra divulgar o EP!!!!

Confiram o Vídeo Clipe:

Start it now from grindhousehotel on Vimeo.

 

Comentários

comentários

Matérias relacionadas