Irrbloss – Folk/Viking Metal Sueco

 

1- A banda foi criada em 2003, porém somente em 2006 teve uma formação completa.
Por quais motivos demorou tanto para ter uma formação completa?

A partir da gravação de “Vandringssägen”, a banda foi posta de lado por Lord Irrbloss e Frid como eles onde faltam membros da banda dedicados e a motivação para organizar uma linha completa, devido à existência envolvimentos em todos os projetos há outras. Em 2006, no entanto, o line-up foi formado e a banda estava pronta para shows ao vivo e as gravações da demo  ”Hymns”.

2- Por que foi decidido ter o nome  Irrbloss?

Senhor Irrbloss tomou a Irrbloss nome como seu verdadeiro nome do meio e usou-o como um stagename em outras bandas por muitos anos antes que ele começasse a banda de um homem com o mesmo nome. Originalmente Irrbloss é um nome para uma criatura do folclore, uma lenda de uma esfera de luz fantasmagórica que paira nos andarilhos florestais e sedução das faixas de ir para dentro da floresta, onde eles estão perdidos para os poderes do mal. O nome foi mantido porque tem uma música boa para ele, e porque representa a música que tocamos. Místico, nacionalista e um pouco mal.

3- A primeira demo so saiu no inicio de 2007, como foi o processo de composição daquele material?

rincipalmente, o Frid guitarrista escreveu a música para “Hymns” e Senhor Irrbloss escreveu as letras.

4- O album Bloodline teve boas criticas da imprensa, isto mostra que foi um trabalho bem feito. Quanto tempo vocês trabalharam neste album para começar a grava-lo?

As músicas que aparecem na Bloodline foi escrito esporadicamente a partir de 2006 e para a frente até o ano de gravação. Algumas das músicas desses “primeiros” anos onde não incluímos na Bloodline, mas provavelmente será lançado dentro de um futuro não muito distante.

5- Liricamente as letras são somente vikings?

Principalmente as letras Irrbloss lidas com norse história Viking como este tema proeminente da banda. A era dos Vikings é memorável de muitas maneiras e é uma excelente fonte de histórias emocionantes e épicas para contar. Ocasionalmente, as letras se desenvolve em torno da mitologia nórdica em geral. A música “Vandringssägen” é um exemplo claro disso.

6- A sonoridade da banda é claramente black metal, mas muitas pessoas caracterizam a banda como viking metal. Você considera que a banda representa os dois estilos?

Os primeiros Irrbloss (Hinos ex.) pode ser classificado como negro / viking metal, mas o som Bloodline consiste em mais do que isso, como os elementos de black metal e viking foi adicionado por influências folclóricas e um toque atmosférica. A banda passou por uma grande mudança na line-up desde os dias Bloodline assim como as influências e métodos de composição.

Irrbloss está atualmente escrevendo músicas para o álbum upcomming (provavelmente gravado no próximo inverno). O som Irrbloss “novo” pode ser descrito mais como um folk / viking metal de com influências de black metal. O próximo álbum será definitivamente constituída por mais espírito viking e melodias folclóricas.

7- jogo rápido:

4 bandas nacionais: Opeth, Vintersorg, Amon Amarth e Dissection
4 bandas internacionais:  Dimmu Borgir, Thin Lizzy, The Black Dahlia Murder, Panthera
1 livro:   The Poetic Edda
1 cd: Dissection, Storm of the lights bane
Cristianismo: Heathen
Paganismo: paganismo nórdico
Suecia: Terra dos Vikings, cerveja e música de metal adequada
Dinamarca: como acima, além de “heavy metal apropriado”
Odin: Governador do Aesins, um grande homem com corvos igualmente grandes e uma bengala
Irrbloss: o portador sueca de folk-e, verdadeiro épico Viking Metal. Logo em uma loja perto de você.
Familia:  A Horda nórdica!
Underground: Underground é Nifelheim, o destino final dos fracos.
uma frase: “Fique foda brutal, Vikings

8- A suécia apesar de ser um país pequeno, é um celeiro de bandas boas, como tem idéia de como e ser uma banda boa em um país que ja é referência no metal mundial?

Viking Metal não pode nunca ser “sensacionalistas”! A essência da Irrbloss é que Nós nos esforçamos para levantar diante dos contos viking e em combinação com a beleza da música folclórica sueca. Irrbloss é a primeira banda a combinar estes elementos para a perfeição.

9- Quais as influências da banda?

Música tradicional, sueco e norueguês de black metal, música clássica e death metal.

10- Alguma turnê sendo agendada para o ano que vem?

2013 vai trazer vários shows no exterior, como vamos promover o nosso próximo álbum. Algumas datas já foram provisoriamente reservado para shows europeus. Espero que também terá a possibilidade de tocar em outros continentes dentro de um alcance.

11- Não faz muito tempo vocês trocaram de baixista, como foi o processo de seleção?

No momento da mudança da linha de cima, a ex-guitarrista da banda (Frid) usou a rede de Gotemburgo baseados músicos, a fim de encontrar um basista dedicado. Um simples “aprender-esta canção-dentro-de-dois-dias-e-toco-it-in-the-ensaio-sala” abordagem foi tomada.

12- Como você descreveria a cena atual da sua cidade atualmente?

Cheio de boas bandas de metal, mas não tantas bandas que se esforçam para o som viking-folk.

13- Qual o maior sonho e objetivo da banda para os proximos dois ou tres anos ?

Para liberar um álbum completo cheio de canções épicas, a turnê em todos os continentes e tem uma base de fãs bem estabelecida global.

14- Onde as pessoas podem comprar material da banda, como camisetas, cds, patches ?

Atualmente Bloodline pode ser comprado em www.swedrock.se. O design de camisas, etc patches está em andamento, mas a banda irá fornecer links na página do Facebook sobre como comprar mercadoria.

15- Contatos:

[email protected]

16- Mensagem:

Fique verdadeiros povos pagãos, e Irrbloss vai entregar porra viking/folk Black Metal para todos vocês.

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas