Oligarquia faz parceria com Ataque extremo

Oligarquia faz parceria com Ataque extremo

oligarquia

 

A banda de death metal tradicional OLIGARQUIA, que esta no underground a 20 anos, continua levando adiante suas apresentações para promover ( o já esgotado e fora de catálogo, mas ainda disponível de graça no site da banda : www.oligarquiadeath.com.br ) seu último cd “DISTILLING HATRED” , lançado na segunda metade do ano de 2011 via Poluição Sonora Records.

Seguem as últimas datas agendadas e a banda segue agendando mais datas para o decorrer do ano.

O baixista Artour , sofreu um acidente e quebrou o braço, o que impossibilita de tocar seu baixo por dois meses. Mas a banda já segue ensaiando com um substituto para as quatro cordas da Oligarquia , seu nome é Anão ( Heresia 666 e ex. Cambones ), que já substituiu o Artour em outra ocasião em um show no ano passado em Santo André/SP

A banda segue tocando e compondo e trabalhando no seu novo álbum que deve sair ainda em 2013.

 

DESTILANDO ÓDIO TOUR 2013


10/Março – Jandira/SP
16/Março – S.Paulo/SP ( Z. Leste)
06/Abril –   S.Paulo/SP ( R.Augusta)
13/Abril –   Minas Gerais

21/Abril –  Barueri/SP
05/Maio –  Santo André/SP
11/Maio –  Ribeirão Preto/SP

13/Julho – Cabo Frio/RJ   ** a confirmar

 

Promotores e empresários interessados em agendar shows com a banda entre em contato :

[email protected]

www.ataqueextremo.com.br

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas