ENTREVISTA JOHN NO ARMS – POR MANU “JOKER”

 

jna (1)

 

 

BATI UM PAPO COM MEU CHAPA RENATO “BT”, VOCALISTA DA “JOHN NO ARMS” PRA SABER AS NOVIDADES ENVOLVENDO ESSA EXCELENTE BANDA DE UBERABA HOJE RADICADA EM BRASÍLIA. CONFIRAM!

 

1) SALVE BT, A QUANTAS ANDA O JOHN NO ARMS? PARECE QUE A FORMAÇÃO ESTÁ FINALMENTE ESTABILIZADA NÃO É?
BT: – Salve irmão! Estamos vivendo semanas intensas desde que lançamos o primeiro single do CD que estamos terminando de gravar, mas principalmente após o lançamento do segundo single, Viking Life, entramos em um trem a todo vapor e esperamos colocar mais carvão nessa máquina! A nova formação está estável há mais de três anos e com isso o entrosamento se desenvolveu em um nível maior! Conseguimos um ritmo de shows e também a composição do CD de maneira mais densa, reflexo dessa estabilidade.

2) DA HORA CAMARADA! SOU FAN DA BANDA DESDE A PRIMEIRA FORMAÇÃO E FICO MUITO FELIZ COM ISSO! VOCÊS ESTÃO FINALIZANDO O PRIMEIRO CD OFICIAL, POR FAVOR NOS DÊ MAIS INFOS SOBRE ESSE LANÇAMENTO.
BT: Sim, estamos finalizando as gravações e mixagens de nosso primeiro CD oficial. As gravações estão sendo realizadas de maneira mais parcimoniosa, vamos dizer assim, em relação aos outros materiais da banda. Desde que começamos as gravações, estamos lapidando as faixas que vão estar nesse álbum , selecionando as músicas de acordo com a linguagem que queremos criar. Estávamos com muito material para gravar e essa seleção aconteceu de maneira natural, além disso, acabamos compondo duas músicas novas no meio do processo! Isso foi muito importante, porque trouxe a ligação dessa fusão que estamos fazendo em um caldeirão em ebulição! Estamos com um selo undergound nos EUA que vai lançar nosso disco na costa oeste ainda no primeiro semestre deste ano.

3) O JNA FAZ UMA MÚSICA PESADA COM VÁRIAS REFERÊNCIAS MUSICAIS, AO MEU VER MAIS FOCADAS EM METAL TRADICIONAL, PUNK ROCK E ALGO DE EXTREMO. COMO VC DEFINE A BANDA E QUAIS AS INFLUÊNCIAS MAIS MARCANTES DO JNA?
BT: O John No Arms é a fusão entre o Punk Rock com o Hardcore e também o Metal Tradicional (Com pitadas de Stoner e também Black Metal Old School), misturados com muita cerveja e histórias malucas de festas, amizade, respeito, lindas e marcantes mulheres e festas loucas regadas com muita cerveja e diversão! Podemos citar como influências diretas Motörhead, Black Sabbath, Judas Priest, Iron Maiden, Ramones, Misfits, Exploited, Kaaos, Slade, Twisted Sister, Bathroy, Nuclear Assault e Stiff Little Fingers.

4) EXCELENTES REFERÊNCIAS MANO! PARECE QUE EM PARALELO AO LANÇAMENTO DO CD VOCÊS ESTÃO PRODUZINDO UM CLIP … QUAL FOI A FAIXA ESCOLHIDA E PORQUE?
BT: A faixa escolhida foi “Viking Life”, segundo single que lançamos do CD. Convidamos Eddie Schumway, que produziu os clipes do Uganga, entre outras bandas, que conheci no show do Confectors Project em Uberaba no final de 2012. Fizemos as gravações no final de semana passada e estamos muito felizes com a qualidade do material que foi captado e também com o profissionalismo do Eddie! Escolhemos a “Viking Life” porque ela é muito divertida, pra cima! Um hino de celebração à vida, amizade, nosso estilo de vida Rock N Roll!

5) O EDDIE É FODA, O MALUCO NÃO PERDE VIAGEM MESMO! VOLTANDO UM POUCO NO TEMPO A BANDA FOI FORMADA EM UBERABA NO COMEÇO  DOS ANOS 2000  MAS A ALGUNS  ANOS  SE RADICOU EM BSB, COMO VOCÊ VÊ A CENA DO DISTRITO FEDERAL? QUAIS BANDAS DESTACA?
BT: A cena de Brasília está em constante ebulição. É verdade que há alguns anos, a cena cover vem dominando espaço onde outrora o rock autoral reinava. Porém com o título de Capital do Rock, Brasília atualmente comporta uma boa cena autoral, forte em vários estilos, do Punk ao Death Metal, Do Hardcore ao Heavy Metal e Rock N Roll.
Com tantas bandas de amigos que tenho aqui há tanto tempo, é ruim não citar uma ou outra mas de qualquer maneria o D.F.C. continua fazendo shows vibrantes, Galinha Preta é outra que se destaca na cena, Jazahu faz uma excelente mistura de vários estilos, uma grande banda. Quero citar também o Lumberjack Skull que faz um bom Stoner, The Squintz, Ellfus, Deceivers, Violator, Bootlegs, Miasthenia, Omfalos e também o Regicídio com um HC BeatDown bem maneiro. Estou citando as que estou escutando mais ultimamente!

6) FAZ UM TEMPO QUE O JNA NÃO VEM AQUI PRO TRIÂNGULO, ALGUMA DATA EM VISTA?
BT: O Guilherme da Sapólio está organizando um show nosso em Uberaba em Abril ou Maio. Estamos estudando as datas e conciliando de acordo com o cronograma dele, mas será uma grande honra tocar em Uberaba após nove anos. Gostaríamos de aproveitar o Vitrola em Araguari nesta viagem e fazer um show lá no dia seguinte, ou anterior! Seria ótimo tocar em Araguari novamente, um público acolhedor que nos recebe tão bem e com tanto carinho e amizade!

7) OPA TAÍ O TOQUE , TORÇO PARA QUE DÊ CERTO! BOM BT É ISSO, MUITO OBRIGADO PELA ENTREVISTA E O ESPAÇO É SEU PRA FALAR O QUE QUISER:
BT: Quem quiser conhecer mais o trabalho do John No Arms e descobrir mais de quinze FM’s ao redor do mundo e algumas nos EUA que estão tocando nossas músicas, acesse nossa página no facebook: http://www.facebook.com/jxnxax e aproveita para baixar os singles que antecedem o lançamento de nosso album, gratuitamente: http://www.reverbnation.com/playlist/view_playlist/-3?page_object=artist_504719 “Mafia’s Queen” e “Viking Life” !
Um grande abraço and punkhardcoremetal na cabeça!

jna (2)

Comentários

comentários

Vocalista da banda Uganga!

Matérias relacionadas