RootsnR – Concede entrevista

 

AAA

1-      Diga-nos quando surgiu a banda e o por que do nome RootsnR?
O primeiro show da RooTsnR foi dia 06/10/2001 em cima da casinha de zelador de uma praça, e com toda nossa influência direta de Sepultura o nome da banda era pra ser apenas Roots…mas antes da RooTsnR ser criada o vocal Ruínas e o primeiro batera Thiago(hoje falecido já) tiveram uma banda com nome de T.H.C. por 5 anos, e onde tocavam tinha uma banda com esse nome. Então com a Roots pensamos em fazer algo que não tivesse outro igual, não apenas “Roots”, e ao mesmo tempo esse nome era muito usado na época pelas bandas de Reggae do sul..então o nome ficou RooTsnR(Lê-se Roots N R ) que significa “Roots Não é Reggae”. Nada contra o Reggae, só esse Roots Não é Reggae. Hehehe

 

2-      Na letra “Astronauta” vocês dizem que os humanos são mestres da morte, porque?

Consideramos os seres humanos uma praga no planeta, e na música “Astronauta” na 1º parte dela fala nossa visão utópica de como seria se descobríssemos um novo planeta habitado como a Terra. Já na 2º parte fala como seria realmente, baseados na história do nosso planeta e em nossas atitudes como seres humanos, com nossas violentas colonizações, inquisições, guerras e escravidão…de como matamos o meio ambiente e os animais por pura ambição e egoísmo. De como roubamos, matamos e destruímos tudo a nossa volta como um vírus ou uma doença. Não somos colonizadores, somos invasores bárbaros saqueando e destruindo o mundo que nos acolheu..então deixo a pergunta para que pensem por si: somos ou não astronautas do mal?

 

3-      Nos últimos 10 anos quais foram as principais mudanças na cena de Porto Alegre que a banda percebeu?

A cena de Poa perdeu sua grande identidade com o fim da Osvaldo Aranha. Era lá que a cena Rock se reunia e dialogava…hoje os mais velhos são órfãos e os mais novos carentes dessa identidade que a cidade já teve. Bares como os clássicos “Bar do João” e o “Garagem Hermética” já não existem mais, a internet ao mesmo tempo em que ajuda a divulgar e encurta barreiras, também deixa o pessoal mais acomodado em casa..mais cena virtual do que real, se é que me entendem.
Mas nem tudo tá perdido!!!
As ocupações dos espaços públicos é uma ótima alternativa, assim como alguns bares e bandas que resistem a essa quebra…banda boa sempre teve e sempre vai ter!!! Coletivos se unem, as bandas se puxam muito e a cena resiste e se renova…esse ciclo achamos que é eterno!

4-      Qual o fato mais marcante da banda?
A RooTsnR é uma banda que já tocou em 3 edições “Fórum Social Mundial”, fomos 5 vezes ao programa Radar da TVE e já tocou com monstros do rock como Krisiun, Cólera, Olho Seco, etc., entre outras coisas fódas que já rolaram com a gente como grandes festivais, etc. Mas nada foi mais marcante do que a nossa apresentação dentro da Câmara dos Vereadores durante uma ocupação do Bloco de Lutas do Movimento Passe Livre(MPL)!!
A RooTsnR direto e reto ocupa com cultura os espaços públicos de rua por causas que nos representam. Tocamos em 2006 no primeiro evento cultural do MPL em Poa. Mas o show dentro da Câmara foi realmente o mais fóda por todo o momento histórico do país e a temática que a banda aborda nas letras.
Não só tocamos lá como ficamos na ocupação os 8 dias junto com os companheiros. Enquanto o “Gigante” dormia, a RooTsnR já tocava o dedo na ferida e não ficamos só no discurso, somos o que falamos em nossas letras e estamos na luta!

 

5-      Como esta apresentação em um protesto de Ocupação da Câmara dos Vereadores de Porto Alegre? Quando aconteceu isso? Há imagens deste fato?
No dia 14/07/2013 teríamos uma atividade cultural do Bloco de Lutas no Parque da Redenção, mas nesse meio tempo houve a ocupação da Câmara dos Vereadores de Poa, então como estávamos lá envolvidos em todo processo transferimos o evento pra lá.
Foi o show mais importante da RooTsnR, e tem sim um vídeo da gente tocando, e o mais legal desse vídeo é que rola uma roda punk muito massa e o mais legal é que 80% dessa roda não é do som pesado, mas tava lá imbuído do sentimento de mudar o país que o nosso som sempre pregou, e que casava perfeitamente com o momento.
Aqui o link do youtube desse momento histórico:

 

6-      Jogo rápido:

4 bandas nacionais:
-Sepultura
-Ratos de Porão
-Raimundos
-Krisiun

4 bandas internacionais:
-Pantera
-Rage Against The Machine
-Slipknot
-System Of a Down

4 bandas de Porto Alegre:
Pode ser do RS todo?Ai vai:
-R.E.D.
-No Rest
-CxFxCx
-Sintomas Clã

1 livro:
-Arte da Guerra – Sun Tzu

1 cd:
-Chaos A.D.
Família:
A coisa mais importante do mundo, tanto a de sangue(parentes) como a de coração(amigos que chamamos de irmãos)!

Porto Alegre:
Cidade Hard Core pra caralho, com potencial gigante desperdiçado por péssimas administrações de nossos governantes que tentam a todo custo acabar com a cultura subversiva, beneficiando as máfias que dizem fazer cultura, mas só querem mamar nas tetas as nossas custas.

Hardcore :
Só uma palavra que a gente usa pra descrever bandas de Punk Rock a Death Metal.
Não gostamos de rótulos, legal é quando qualquer guitarra distorcida é Rock´n Roll e todas as variações dele são aceitas e principalmente respeitadas.

Uma frase:

RooTsnR é vermelho, branco, azul e negro; somos gremistas e colorados; roqueiros e metaleiros; e não toleramos nenhum tipo de racismo!

 

7-      Por que a banda demorou tanto a lançar um cd oficial? E como tem sido a critica deste material?

Antes do cd “Vivisseção Humana” lançado dia 06/10/2012(data de aniversário de 11 anos da banda) gravamos 5 Cd´s Demo. Demoramos tanto pra gravar um cd oficial por conta da grana mesmo, a RooTsnR é a banda mais sem grana da história do rock, hahahahaha. A brincadeira que rola é que gravaremos o 2º quando caducar os 5 anos da dívida no SPC do primeiro.
Mandamos prensar em Manaus, foram feitos cabalisticamente 1.113 cds, e já estamos com quase 800 cds na rua até o momento, sem falar que ele está na íntegra pra baixar no nosso site desde 2012….aliás somos totalmente a favor de baixar músicas pela internet, outra bandeira que levantamos já a algum tempo.
A qualidade da gravação do Seba(Hurricane) ficou fóda, e ter material físico prensado é importante pra uma banda, e fizemos questão de colocar todas as letras no encarte…esse cd com certeza foi um divisor de águas pra banda!!

 

8-      A forte presença de Metal no hardcore da banda tem algum propósito especifico, ou é uma influencia natural?

É uma influência mais que natural, misturamos o que achar que fica massa, sem preconceitos. Como dissemos acima não curtimos muito essa de rótulos. Já nos chamaram de Hard Core, de Metal, MetalCore, de Crossover, New Metal, ish….até uns nomes muito loucos que nem lembro agora mas que com certeza o maluco inventou….e pra gente TANTO FAZ!
Tocamos juntos com bandas de rap, reggae, música latina…pena que hoje é tudo muito sectarizado, tipo tu é isso e eu sou aquilo, então não podemos nos misturar. CLARO QUE PODEMOS!! Não só podemos como DEVEMOS! Preferimos mil vezes tocar com bandas de rap, por exemplo, que afunilam com a gente nas ideias do que com bandas de peso que não tem conteúdo nenhum ou mensagens palhas.
Como vão rotular nosso som não importa, o que importa pra gente é o som…única e exclusivamente o som. Se gostar é o que importa, podem chamar como agradar mais.

 

9-      Quais os planos para este ano?

Estamos saindo do RS pela primeira vez em junho, vamos pra SC e PR.
Até o fim do ano pretendemos dar um role por SP e RJ, e planejar certinho a turnê pela Europa em 2015.
Se der queremos gravar ainda um single já preparando pro próximo cd.

 

10-   Contatos e merchan?
-Site Oficial:
http://rodrigorootsnr.wix.com/rootsnr
-Facebook:
Rootsnr Doze Anos
-Fanpage:
RooTsnR
-Twitter:
@rootsnr
-Myspace:
http://www.myspace.com/roostnr

 

11-   Considerações finais:
RooTsnR agradece nossas famílias,todos amigos e bandas irmãs que correm com a gente. Nesses 12 anos o nosso maior tesouro adquirido é o carinho, admiração e respeito que temos daqueles que amamos.
E nosso recado pra quem é sincero na intenção é que tenham fé todas as bandas fódas que buscam seu espaço por amor a música e a arte, e todos artistas subversivos que usam sua arte pra expressar sua revolta ou simplesmente expandir seu amor e suas ideias revolucionárias…porque o amor, principalmente  nos dias de hoje, também é revolucionário!
O que é nosso tá guardado e alcançaremos nossos objetivos todos juntos, pois queiram ou não, todos nós SOMOS O MUNDO.

 

 

303093_504539046280356_1439945522_n

 

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas