Review e fotos Lançamento cd Cherry Ramona

11694778_955297507855798_4631772749188773608_n

3 atrações ocuparam  o palco da Arena Maverick em Criciúma neste final de semana.

Um ótima estrutura foi montada, palco e som estavam impecáveis.

Pedro Araujo iniciou os trabalhos da noite, em uma arena praticamente vazia, o público ainda tímido vinha chegando aos poucos.

A banda não se acanhou e fez um ótimo show, demonstrando profissionalismo, energia, e presença de palco, agradando os que estavam naquele momento. Um show baseado em suas canções próprias, com uma mescla de covers entre suas canções compostas pelo próprio Pedro.

Em seguida veio a banda da noite, lançando seu cd “soco na bexiga”, Cherry Ramona subiu ao palco. A casa já estava com um numero maior de pessoas.

O grupo pecou bastante em fazer um show baseado em covers no dia do lançamento do seu cd. Não chegou a tocar todas as canções do cd, e levou o público ao agito na maior parte do seu show com clássicos do rock nacional.

Nos momentos em que tocou suas músicas próprias houve total aprovação dos presentes, demonstrando que a banda tem talento e portas abertas para os caminhos futuros.

Comunidade Ninjtsu veio para ser o brinde da noite.

Os gaúchos que são referente no rock da região, em seus 20 anos de carreira foram muito receptivos as mídias presentes, muito próximos do público, e fizeram um ótimo show, ate que foram obrigados a parar, pois tinham extrapolado o horário do alvará da casa.

Confira as fotos do evento:

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas