Fanzine – A literatura do underground

velharia-fanzine-3
Velharia – Como fazer um fanzine

Grande parte da juventude atual já começou na era da internet, aonde as informações são vastas e a divulgação fantástica. Mas quem pegou as épocas anteriores, lembra da dificuldade das informações referente ao mundo do rock and roll.

Existiam revistas, mas eram poucas e normalmente voltadas ao mercado principal ou com divulgação voltada para as grandes gravadoras. Mas assim como aconteceu com as fitas K7, os fãs também deram um jeito fácil e barato de divulgar as duas ideias. E essa filosofia veio com os Fanzines.

Fanzine vem da mistura de duas palavras: revista e fã, ou seja uma revista pelos fãs. O primeiro fanzine a qual se tem noticia teria sido criado em 1929 por um fã de ficção científica chamado Jerry Siegel. Se o novo dele não te diz muita coisa, você deve ter ouvido falar de um personagem criado por ele: Superman.

Inclusive em 1933 em um de seus Fanzines, haveria a primeira menção desse nome, quando ele publica junto com Joe Schuster (co-criador do Superman) uma história chamada: The Reign of Superman. Nela o personagem era um vilão e a ideia seria aproveitada e renovada anos mais tarde pelos dois.

velharia-fanzine-5
Capa Reign of the Super-man

Fanzines são baratos na sua confecção, sendo normalmente feitos com 01 folha de papel A4 e copiados (Ou como dizíamos xerocados) e distribuídos para as pessoas. Era muito comum também o envio através de cartas, as vezes para todos lugares do mundo. Algumas grandes revistas começaram sendo Fanzines e posteriormente acabaram evoluindo.

A vantagem disso? Era o meio mais barato para artistas, intelectuais, escritores e músicos divulgar seus trabalhos, sendo que quando não eram de graça, cobravam no máximo a folha e o custo do envio.

Mas que diabos isso tem a ver com o rock? Bom além de MUITA gente do meio ter usado os mesmos para a divulgação, no final da década de 70 os mesmos começaram a ganhar destaque principalmente pelo surgimento do Punk Rock. Nessa época eles acabaram ficando conhecidos somente como zines. Afinal quem mais queria divulgar suas novas ideias e revolução do que o movimento Punk?

velharia-fanzine-1                                             velharia-fanzine-4

Após a morte de John Lennon surgiram no Brasil diversos Fanzines focados em noticias e histórias da banda, mas muita gente aproveitou da divulgação dessa nova mídia para mandar noticias de novas bandas, shows, resenhas de LP e etc.

velharia-fanzine-2

 

Obviamente com a chegada da internet, os Fanzines foram sendo abandonados aos poucos, afinal lá com blogs ou sites as pessoas e bandas, podem divulgar seus trabalhos sem a necessidade de custo nenhum e tendo um alcance MUITO maior do que qualquer Fanzine poderia alcançar.

Mas ainda existem por ai saudosos que ainda utilizam dessa arte para divulgar seus trabalhos.

Comentários

comentários

Rafael Tamanini, administrador, historiador, cervejeiro, nerd e fã de rock and roll.

Matérias relacionadas