INOX – UMA SUPER BANDA NOS PRIMÓRDIOS DO METAL NACIONAL

Capa Inox
Capa Inox

 

Inox verso
Inox verso

Ano de 1986. O Heavy metal estava no auge no Brasil (logo após o Rock in Rio 1) e eis que surge o que podemos considerar uma SUPER BANDA. O grande batera Rolando Castello Jr ( Made in Brazil / Patrulha do Espaço) se juntou com Fernando Costa (guitarra), Paulo “Heavy” Toledo (vocal) e Ségis Capuano (baixo – in memorian) conseguiram o que qualquer banda sonhava na época: Contrato com a gravadora Epic. Foi produzido por Luiz Carlos Maluly o qual era famoso na época por ter produzido o álbum Revoluções por minuto do RPM, embora nunca tivesse produzido um disco de metal o resultado foi satisfatório.

Por tratar-se de uma banda de músicos tarimbados (alto nível de qualidade técnica) no meio metal da época o Inox foi cercado por muitas expectativas e teve uma dimensão quase mítica. O disco rendeu uma boa vendagem e críticas positivas na época. Infelizmente por razões até hoje desconhecidas a Epic não aceitou gravar um segundo álbum da banda.

Este álbum é a prova inconteste que metal em português funciona sim quando é feito com qualidade.

Meu contato com esse álbum se deu através de um amigo que tinha adquirido uma fita K7 original da banda a qual rapidamente passou por várias cópias.  Ali estavam músicas clássicas do metal nacional como Ranger (rápida e pesada), Fricção (Riffs fantásticos), Nuclear Attack ( Gary Moore) com uma versão em português muito bem feita e um instrumental de cair o queixo, em especial o trabalho de bateria, superando a original.

Trata-se enfim de um disco que deixou o seu legado para o metal nacional. Se você nunca ouviu está perdendo momentos de rara satisfação. Caso encontre esse álbum (o que é difícil) compre de olhos fechados.

Inox encarte
Inox encarte

Comentários

comentários

Denilson Luiz padilha Engenheiro agrônomo Ex prefeito / atual vereador eleito de otacilio Costa Um dos mentores/organizadores do OTA - Otacilio Rock Festival Aficionado por metal em todas as suas vertentes há 30 anos.

Matérias relacionadas