Coletivo La Migra Fest: Marcando sua tradição no centro da cidade de São Paulo.

clmf

 

Quando o nome Coletivo La Migra vem aos nossos ouvidos imaginamos algo extremamente gigante, formado por milhares de pessoas envolvidas, porém quando pesquisamos os trabalhos realizados por esse grupo notamos que muito se vem produzindo, chegando agora no mês de Abril na sua 29º edição do Coletivo La Migra Fest.

 

Antes os eventos não tinham casas fixas, Sidney e Max muitos conheceram sobre a cena local de diversas cidades e muito se conheceu de cada região, agora a dupla vem em busca da regionalização de seus trabalhos focando apenas em organizações na capital de São Paulo. Em parceria com a casa de show já conhecida Augusta 339 o projeto marca residência fixa e juntos vem realizando um ótimo trabalho em pró a cena underground nacional, até agora já subiram ao palco La Migra 9 bandas e com a meta de 41 banda até o termino do ano o projeto busca forma uma tradição do evento na principal rua noturna da capital paulista, fazendo algo nunca visto antes na Rua Augusta, pois o projeto está levando o poder do Underground Extremo uma vez ao mês e convocando aos amantes da ante-música para o local e fazer assim uma grande avalanche extrema, podendo assim apresentar aos amantes das ruas de São Paulo que o trabalho pode ser sim visto com outros olhos.

 

Confira agora um pouco do que rolou nos eventos de Fevereiro e Março no grande Augusta 339:

Fevereiro:

https://www.youtube.com/edit?o=U&video_id=qR8232V5Pz0

Março:

https://www.youtube.com/edit?o=U&video_id=w3mNq-TDjWs

 

Além disso os grandes amigos Tarso e Pierre do Canal Pit&Bull estão presentes nos eventos desde a sua primeira edição e com uma grande parceria esses caras estão formando  um verdadeiro registro nos eventos, dando ainda mais importância as bandas e principalmente a cena underground nacional, veja agora como foi o evento de Fevereiro ao olhos do Canal Pit&Bull e conheça ainda mais sobre as bandas participantes:

https://www.youtube.com/watch?v=IToL1C-d-jw&t=6s

 

A próxima edição de Abril será realizada o dia 15 às 23hs no Augusta 339. Se possível, compareça e venha você também fazer parte desta história.

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas