The Neal Morse Band confirma única apresentação no Brasil

band-shot-by-robert-smith-1050x607

São Paulo foi a cidade escolhida para receber a única apresentação da The Neal Morse Band no Brasil. O dream team formado por Neal Morse (vocal/guitarra/teclado – ex-Spock’s Beard), Mike Portnoy (bateria – The Winnery Dogs, Transatlantic, ex-Dream Theater), Randy George (baixo – Transatlantic, Spock’s Beard, Alajon), Bill Hubauer (teclado – Ten Point Ten) e Eric Gillette (guitarra) promete encantar aos fãs no próximo dia 18 de junho, no Carioca Club, em São Paulo.

O quinteto de rock progressivo vem especialmente a América do Sul para promover o aclamado “The Similitude of a Dream”, disco lançado no final do ano passado e que sucede o álbum “The Grand Experiment” (2015).

Os ingressos já estão à venda pelo site do Clube do Ingresso (http://www.clubedoingresso.com/thenealmorseband) e em diversos pontos de venda autorizados em São Paulo, Osasco, Santo André, São Caetano do Sul, Curitiba e Rio de Janeiro (http://www.clubedoingresso.com/ondecomprar). Mais informações no serviço abaixo.

O CD duplo “The Similitude Of A Dream” foi inspirado no livro “Pilgrim’s Progress”, de John Bunyan, cultuada obra de cunho religioso (cristã) da literatura britânica do século 17. O livro conta a história de um homem que busca encontrar a Cidade Celestial. Tanto Neal Morse, quanto Mike Portnoy, tem declarado à imprensa que este é o trabalho de suas vidas.

Confira o videoclipe produzido para “City of Destruction” :


.

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas