8º RS Metal em Porto Alegre – 09/04/2017

8º RS Metal

17192442_1260292950744481_4310576163991884511_o

No inicio da noite de domingo do dia 09 de abril em porto alegre, na casa de eventos já muito conhecida por aqui por realizar diversos shows da cena undergroud o Opinião, aconteceu a 8ª edição do Metal RS, realizado pela Pisca Produtora (essa já conhecida por organizar eventos com diversas bandas do cenário mundial, trazendo muito som underground para nossa capital). Com a participação das bandas  Weakless Machine (banda que ganhou na votação pela escolha do publico), Scelerata, Distraught, Leviaethan e Krisiun.

100_0044

A casa teve o inicio dos shows da noite com a banda Weakless Machine, banda que ganhou na votação que ocorreu nessa edição para que o publico escolhesse qual banda gaúcha faria parte dessa noite de grande peso, mostrando a grande qualidade musical quando se trata de metal no sul.

A banda de heavy metal formada em 2015 em Porto Alegre, em sua formação atual temos Jonathan Carletti (vocal), Fernando Cezar (guitarra) e Gustavo Razia (baixo). Na bateria o grupo conta com a ajuda de Renato Siqueira. Com um som pesado, a banda realizou seu show lindamente mostrando todo o peso da banda, e também porque foi a banda escolhida na votação. A apresentação se iniciou pelas 19 horas pontualmente. A set list tocada foi: Get Ready, Tarred With The Same Brush, Kill, Burning All e Unbroken.

100_0050

As 19:40 sobe ao palco a Scelerata, banda já conhecida formada em 2002 em Porto Aelgre. Mostrando seu heavy metal para o publico que cada vez deixada a casa mais cheia. Atualmente a banda conta com a participação de Jonathas Pozo  (Vocal), Magnus Wichmann (Guitarra), Leo Nunes (Guitarra), Pedro Fauth (Baixo) e Francis Cassol (Bateria). Deixando o pessoal mais agitado a setlist tocada nessa noite quente foi: Rising Sun, In My Blood, Enemy Within, Phoenix Tales e Holy Fire.

100_0111

Formada nos anos 90 aqui em Porto Alegre, as 20:20 iniciou a Distraugth, com todo seu thrash metal, fazendo a roda ferver. Chamando o pessoal pra roda a banda teve em sua setlist a seguinte ordem: The Last Trip, Locked Forever, Lost, Blacktrade e Shortcut to Escape. Atualmente a banda conta com a suguinte formação André Meyer (Vocal), Allan Holz (novo baixista, iniciou os trabalhos com a banda em março, da cidade de Caxias do Sul), Everton Acosta (Guitarra), Ricardo Silveira (Guitarra) e  Mauricio Weimar (bateria).100_0135

A quarta banda da noite já também muito conhecida formada em 1983, a Leviaethan com toda força de seu thrash metal subiu ao palco deixando a casa ainda mais quente. Com a formação atual contando com Flávio Soares (vocal/baixo), Ricardo “Ratão” Fonseca (bateria), Denis “Blackstone” Goulart (guitarra) e Manoel Rodrigues (guitarra).  A setlist tocada contou com Drugslave, Drinkin’ Death, Hell is Here, Echoes from the Past, The End Has Come (Yours!).

100_0152

E ainda antes da apresentação final a Leviaethan chamou ao palco todas as bandas que haviam se apresentado nessa noite Weakless Machine, Scelerata e Distraught para uma chalaça tocando ACE OF SPADES (Motorhead) levando o publico a loucura, e o chão pegar fogo.

100_0220

 

Sendo anuncia da pelo já conhecido Eduardo Pisca sobe ao palco a banda que iniciou seus trabalhos nos anos 90, com todo seu Death metal dos irmãos Alex Camargo, Max Kolesne, e Moyses Kolesne, o Krisiun. O publico não parou um segundo com o setlist apresentado, que contou com as seguintes musicas Kings of Killing, Combustion Inferno, Scars of the Hatred, Blood of Lions, Ravager, Ways of Barbarism, Vengeance’s Revelation, Descending Abomination, Conquerors of Armageddon, Bloodcraft, Apocalyptic Victory e Sentenced Morning. Com mais uma apresentação que não se tem desculpas, a banda saiu deixando o publico com saudades e quero mais. Mas sempre aguardando o retorno da banda para sua terra natal.

O evento mais uma vez mostrando todo o som em peso que o Rio Grande do Sul conta, mostrou também a fidelidade do publico enchendo o Opinião. Agora ficando com a vontade de mais eventos de peso assim, e noites tão memoráveis quanto essa.

 

Comentários

comentários

Matérias relacionadas