Divide (Alemanha) e Woslom (São Paulo) – 11/04 Embaixada do Rock em São Leopoldo / RS

woslomA Embaixada do Rock uma casa de eventos, localizada em São Leopoldo (região metropolitana de Porto Alegre), que é já conhecida por várias bandas do underground nacional e internacional se apresentarem.
Nesta terça feira (11/04) foi palco para mais uma atração. A banda de thrash metal Woslom de São Paulo junto com a banda Divide de death da Alemanha, se apresentaram com a tour que estão fazendo no Brasil e Alemanha.

divide banda

A noite iniciou com Divide subindo ao palco por volta das 20:10, dando uma boa noite em portugues o vocalista, Daniel. A banda com inicio em 2009, na Alemanha, em Kiel, Com três itens em sua discografia: a demo autointitulada, o álbum ‘Messiah Of Mutilation’ de 2013 e o mais recente trabalho, o EP ‘Lazarus Pit’ lançado no ano passado. Sua apresentação pode se perceber uma pegada thrash e até um pouco de black metal.

A banda se apresentou com a formação de Daniel Stelling (vocal e guitarra), Nils Unmut (baixo) e Moritz Paulsen (bateria). Sua setlist tocada no show foi: The Abyssal, Lazarus, Warhead, Phalonx, Angel Dust, Evil Dead, Mortification, Numinous e Messiah. Seguiram tocando e interagindo com o público falando um portugues com auxilio de uma “colinha” no palco e brindando várias vezes com ‘prost’. Na música Evil Dead ocorreu a participação especial de Rafael guitarrista da Woslom.

woslom ba

Woslom subiu no palco da Embaixada por volta das 21:30 e surpreendeu todos os presentes(que não eram muitos, infelizmente) com um Thrash Metal cirurgicamente preciso, porém não menos energético. No estado para divulgar o mais novo trabalho, o album “A Near Life Experience” lançado o ano passado, e como parte da tour de 16 datas junto a Divide da Alemanha, a banda apresentou um set de mais ou menos 1h, com a presença de músicas que abrangem toda sua carreira, que iniciou as atividades 97, e que apesar de terem lançado várias demo tapes desde então, seu primeiro full-lenght é de 2010, chamado “Time to Rise”. A banda faz um Thrash Metal empolgante, com alta influencia no Thrash americano que se fazia na Bay Area no final dos anos 80, e início dos 90. Dessas bandas, é nítida a influência do Metallica, tanto nas composições, quanto no timbre de voz de Rafael. Apesar de ser uma banda Thrash, o Woslom traz também passadas mais pesadas e rápidas, flertando com o Death Metal Old School. A performance é primorosa ao vivo, e o destaque fica para o entrosamento entre as “cordas” compostas por Rafael (guitarra solo), Silvano (guitarra e vocal) e André (baixo). O batera Fernando não fica atrás, apresentando levadas marcantes e uma cozinha precisa junto com o André. Silvano é um frontman carismático e se comunicou bastante com o público, sempre agradecendo a presença de todos, e chamando a galera para agitar. Apesar do público diminuto presente na Embaixada, a banda não deixou a desejar na empolgação e na energia no palco, pois parecia que estavam se apresentando para uma arena lotada. Ponto para o profissionalismo dos músicos nesse quesito. Houve espaço inclusive para um cover, que contou com a participação de um dos integrantes do Divide, Daniel, e que foi um dos pontos altos da apresentação. No setlist apresentado, destaque para a faixa Pray to Kill, muito bem executada e que levantou os presentes. Após a conclusão do set, a banda retornou ao palco para um “bis” à pedido da platéia. Que o Woslom possa sempre retornar ao estado, e nos presentear com mais shows matadores como esse.  A setlist da noite foi: Underworld of Aggresion, A near Life Experience, Lapses of Sin, Thrasher’s Return, Bywar (Cover), Beyond Inferno, Purgatory, Pray to Kill, Time to Rise e Mortal Effect (bis).

woslom+divide

Quem não foi perdeu um grande show e uma celebração autêntica do underground.

 

Resenha com participação especial do nosso queridissímo Lohy Silveira, vocalista e baixista da banda Rebaelliun. \o/

Comentários

comentários

Matérias relacionadas