Scelerata: música inédita na quinta edição do ano da festa Rock n’ Bira em POA

scelerata_pressfront

 

O SCELERATA será a banda autoral presente na nova edição do já tradicional Rock n’ Bira, evento que junta várias vertentes do Rock/Metal e o melhor: é OPEN BAR. A banda fará uma apresentação de 40 minutos, em que tocará a versão da ‘Asylum Choir’ do Motörhead e também uma música nova!

Esta nova edição acontece no dia 13 de maio, no Bar Opinião, na capital, Porto Alegre. Se apresentam ainda bandas cover de Ramones, AC/DC, Oasis e Engenheiros do Hawaii. Ingressos antecipados já estão à venda!

Para todos os detalhes e como comprar seu ingresso antecipado, visite o link: https://goo.gl/mxQdL8

Recentemente o SCELERATA anunciou que está presente no tributo brasileiro ao MOTÖRHEAD, ‘Going To Brazil… The Brazilian Tribute to Motörhead’. A banda participa com a música ‘Asylum Choir’ do álbum ‘March ör Die’ de 1992.

Sua versão no tributo foi gravada no estúdio Estúdio Scelerata, e contou com a produção de Magnus Wichmann. A Mixagem e masterização ficaram a cargo de Magnus Wichmann, e os Reamps de guitarra e baixo foram feitos no Dry House Studios, com o, também produtor, Renato Osorio.

Contato: [email protected]

Sites relacionados:
www.scelerata.net
www.facebook.com/ScelerataOfficial
www.metalmedia.com.br/scelerata

Fonte: Metal Media

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas