Entrevista com a FIX OVER

E aí galera, beleza?

Sou Vanessa,a nova colaboradora do CULTURA EM PESO e espero poder contribuir de maneira positiva com a cena rock/metal que tanto amamos. m/ <3

E pra começar, fiz uma entrevista com os garotos da banda Fix Over. Formada por Kevin Tricanico (voz e baixo) e Weslley Joanes (guitarra), a banda surgiu em 2014, na cidade de São Paulo/SP.

fix-over
Kevin (esquerda) e Weslley.

A Fix Over irá abrir o show da banda finlandesa de heavy metal Sonata Arctica na próxima sexta-feira, dia 19/05, no Aquarius Rock Bar. (Deixarei o link do evento do facebook no fim dessa matéria, assim como os endereços das redes sociais para contato e mais informações sobre a Fix Over.)  Espero que curtam.  😉

  • Então, como estão as expectativas do show de abertura para a banda Sonata Arctica?

As expectativas são muito grandes, será uma boa oportunidade para expandirmos nosso trabalho, afinal, será nosso maior show até hoje. Isso nos deixa extremamente empolgados e ansiosos de poder dividir o palco com uma das principais bandas de metal da atualidade.

  • Para estar no cast do show, vocês participaram de uma promoção no facebook. Como foi participar dessa campanha que deu à vocês essa oportunidade?
fix-over-2
Cartaz do evento. Show SONATA ARCTICA, com abertura das bandas FIX OVER e TRAUMER.

Foi bastante empolgante, pois não imaginávamos a tamanha repercussão que teve, obtendo 3x mais o resultado que esperávamos na campanha do Facebook.

Só no Facebook, foram 3430 curtidas no Post da promoção, quase 300 compartilhamentos, com pessoas de diversos países. Isso nos deixou muito impressionados por saber que a Fix Over chegou em tantos lugares. Além disso, também divulgamos por uma semana no Instagram, que resultou em quase 400 curtidas.

Até o baixista do Symphony X curtiu nosso Post, mostrando o alcance que tivemos.

Fãs de diversos estados do Brasil e países, fizeram plaquinhas com as campanhas #SomosTodosFixOver e #QueroAbrirParaOSonataArctica.

Isso tudo nos emocionou e fortalece para seguir em frente.

 

 

  • Fale um pouco como surgiu a banda, suas influências, o estilo, a escolha do nome Fix Over...

As nossas principais influências são as bandas Alter Bridge e Muse, mas sempre buscamos criar nossa própria sonoridade para assim criar nossa identidade musical e, quando alguém escutar, poder dizer que está escutando Fix Over.

Em questão de estilos, nos enquadrados dentro do Rock Alternativo devido aos vários aspectos do nosso som que é bem característico e por ter uma pegada mais moderna.

A escolha do nome FIX OVER pode ser traduzido literalmente como “fixar sobre”, tem o objetivo de produzir rock alternativo de qualidade, fixando na mente das pessoas uma mensagem de esperança, positividade e amor, tendo por base os princípios cristãos dos integrantes.

  • Atualmente vocês estão trabalhando na divulgação do EP Desire. Qual a mensagem que o EP traz ao público que acompanha vocês?

Esse nosso primeiro EP retrata diversos tipos de desejos e em cada letra buscamos trazer uma mensagem de paz, amor, esperança e deixam uma liberdade das pessoas as sentirem e interpretarem do modo que enxergam.

  • Quais os planos da banda para o futuro? Algum lançamento previsto?

Por enquanto estamos focados no lançamento do nosso mais novo single, com nosso primeiro clipe oficial. Pretendemos lançar nos próximos meses, e essa música mostrará a nova face e uma nova fase da Fix Over. Estamos muito empolgados com a repercussão que esse novo single nos proporcionará.

Queremos deixar aqui um convite para todos desse grande show que faremos com o Sonata Arctica, será uma experiência inesquecível e um marco para nossa carreira. À todos que forem ao show, não irão se arrepender, prometemos um excelente show de abertura.

fix-over
FIX OVER

Redes sociais:

Site: www.fixover.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/fixover.oficial/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCPtxFnJNepgPZ8V9AoYXbHw

Instagram: https://www.instagram.com/fix_over/?hl=pt-br

Evento: https://www.facebook.com/events/1789953467999872/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Matérias relacionadas