Metal Sul Festival Caxias do Sul/RS

Nos dias 18 e 19 de agosto em Caxias do Sul/RS aconteceu a primeira edição do Metal Sul Festival, um projeto realizado com verba pública da Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul, idealizado por Claudia Kunst  da Kunst Empresa de Cultura, com o apoio de Alessandra Kunst, tendo a assessoria de Maicon Leite. Este já conhecido pelo apoio, divulgação e incentivo ao Metal no RS, e também responsável pela Assessoria de Imprensa: Wargods Press, no qual também se encarregou da curadoria do projeto.

metalsulfestival1

Contando com financiamento pelo PRÓ-CULTURA RS - Lei de Incentivo e Fundo de Apoio à Cultura, contemplado pelo FAC Regional, no ano passado, além do apoio das prefeituras de Caxias do Sul e Bento Gonçalves, através de suas secretarias de cultura.

A programação de sexta-feira iniciou com uma Coletiva de imprensa e lançamento do projeto Metal Sul Festival.

Partindo para os shows nos surpreendemos com a Banda Initiate Decay, Death Metal da cidade de Esteio/RS, nova na estrada, que “surgiu para demonstrar toda a raiva contra a hipocrisia que infesta a decadente mente dos seres vivos”. A Banda conta com Diego Araujo (vocal/guitarra), Tiago Vargas (vocal/baixo), Alexandre Graessler (guitarra) e Aires Trajano (bateria). Apresentaram temas agressivos e polêmicos, com uma postura de palco condizente com a proposta musical. Assim aguardamos ansiosos gravação e o lançamento de seu primeiro trabalho que ocorrera em 2018, mas que já se mostrou em seu inicio muita qualidade.

metalsulfestival2

Logo após sobe ao palco nada mais nada menos do que a consagrada Banda  LEVIAETHAN, a qual dispensa qualquer apresentação, tanto do som quanto de seus integrantes, e como deveria ser Flavio Soares Leviaethan, acompanhado de Denis e Ratão, cumpriu seu papel em palco, fezendo o mosh acontecer. Flávio Soares Leviathan também homenageou no palco o consagrado guitarrista da Banda Almah Paulo Schoreber falecido há três anos.

metalsulfestival3

Na programação de sábado, próximo das 16:00 hrs aconteceu uma palestra, mostra de clipes e bate papo sobre concepção de vídeo clipe com o cineasta Ulisses Da Motta. Na sequência a galera conversou com Peretto Luiz Carlos da Jam Sons Raros discos e camisetas. Maicon Leite, um dos autores do livro Tá no Sangue! - A história do Rock Pesado Gaúcho e o convidado Fabian Sinner Reis, idealizador do Old & True Metal Fest, que já está em sua 10ª edição e ocorre na serra gaúcha.

metalsulfestival4

Desse bate papo saímos com a certeza de que um futuro incerto aguarda o Metal gaúcho, pois dia a dia o que acompanhamos é um total esvaziamento tanto dos shows quanto do apoio às Bandas. Enfim, o incentivo no momento atual está de banda para banda, e o que faz a falada cena acontecer é um público pequeno, mas tão fiel aos seus ideais que praticamente é uma reunião de família aos finais de semana de cidade em cidade, de bar em bar.

Iniciando os shows subiu ao palco destilando a amargura, com um som consistente e intenso a Banda Losna de Fernanda, Débora e com Marcelo na batera.

metalsulfestival5

Seguindo na podreira, no melhor sentido headbanger, sobe a Banda Carniça com uma proposta de Death/Trash Metal, a qual vem se perpetuando há mais de duas décadas, pelas mãos e voz de Mauriano (Vocals and Bass), Parahim Neto (Guitarras e Backing Vocals), Marcelo Zabka (Bass) e Marlo Lustosa (Bateria). Atualmente, todos com um nível de profissionalismo incrível,. E ainda para melhorar nos presentearam com duas participações especiais, Flavio Soares Leviaethan e Peretto.

carnica

 

E encerrando com muito, mas muito peso mesmo a Banda Rebaelliun, Death Metal de Porto Alegre, integrantes: Lohy Fabiano (vox/bass), Fabiano Penna (guitars) e Sandro Moreira (drums). Finalizaram deixando os presentes extasiados e com toda a vontade de seguir para a segunda edição. Essa que acontecerá em Bento Gonçalves nos dias 15 e 16 de setembro, na Rua Coberta, bairro Planalto, em Bento Gonçalves (Rio Grande do Sul). Detalhe, esse evento será com entrada gratuita.

rebaellium

 

Texto e fotos: Cerise Gomes

Revisão de texto: Jéssica Vuaden

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas