Heavenless: assista lyric video de “Soothsayer”

“Soothsayer é uma crítica ao estado fascista e a opressão religiosa a partir do mito de Lúcifer. A letra reflete o seu drama, de quem foi traído e fulminado pelo poder divino, sendo a sua expulsão a plenitude de todos os pecados de Deus. Soothsayer reflete a ditadura celestial, a intransigência religiosa que reflete-se nas atitudes da humanidade”.

 

As palavras acima são do vocalista/baixista Kalyl Lamarck e deixam clara a natureza crítica das músicas do Heavenless, nesse caso específico através da letra de “Soothsayer”, uma das faixas do álbum de estreia do grupo, “whocantbenamed”, lançado no início desse ano pela Rising Records.

 

“Soothsayer” acabou de ganhar um Lyric Video produzido por Marcelo Silva da Motion Design (Krisiun, In No Sense, Matakabra). Assita:

heavenless

 

Formado em 2015 em Mossoró/RN, também conhecida como a “Terra da Liberdade”, o grupo Heavenless nasceu herdeiro de uma fortuna de intrepidez. A cidade também é marcada pelo Motim das Mulheres, pelo primeiro voto feminino do país, por ter libertado seus escravos cinco anos antes da Lei Áurea, sem falar da resistência histórica ao bando de Lampião.

 

Produzido e mixado por Cassio Zambotto, “whocantbenamed” tem recebido calorosos elogios da imprensa especializada o que tem resultado em convites para shows. Até aqui o grupo já realizou duas turnês pelo sudeste, totalizando mais de 10 shows pela região, entre outras dezenas de apresentações por outros estados. O grupo também já foi atração de importantes festivais como o Black Embers em São Paulo e será o representante do metal no renomado Festival DoSol em Natal/RN no próximo dia 12 de Novembro.

 

Além de Kalyl Lamarck, o Heavenless também é formado por Vicente “Mad Butcher” Andrade (bateria) e Vinícius Martins (guitarra), ambos ex-Bones In Traction.  

Comentários

comentários

Cremo é idealizador e fundador do Cultura em Peso, Asatrú, amante incondicional da fotografia e da cena underground, na qual vive intensamente há 16 anos. Formado em Redes para Computadores, é ex-vocalista das bandas La Tormenta (Grind) e Dead Bush (Punk), ambas de Minas Gerais. Ouve de Punk Rock a Metal Extremo, tendo como principais bandas na sua playlist Ratos de Porão, Napalm Death, Extreme Noise Terror, Circulo Activo, Amon Amarth, Elluvetie e Lacerated and Carbonized. Literalmente um Viking que não marca território: o mundo é sua morada. Lê constantemente sobre política, religião, história das guerras e a autodestruição humana que não aprendeu até hoje a viver com as diferenças. Some com a cena ou suma dela mesmo, agora!

Matérias relacionadas