Procurando saída – Desastre Hc

Procurando saída – Desastre Hc

Com riffs pesados a faixa que carrega o nome do cd mostra a proposta do quarteto goiano neste álbum, um punk/hc/crossover de se admirar. Em tom de narração as músicas revelam o triste fim daqueles que não dão valor a vida. A faixa (2)”A morte sopra suas velas” empoem bem isto, em trechos como: ” sob um campo minado você não pode andar” e “O mundo caindo ao seu lado e você dormindo a sonhar”. A letra mostra em poucas linhas como é a vida de quem esconde suas angústias…

Leia mais aqui

Death From Above – Cd

Death From Above – Cd

  Sujo , direto e agressivo …. assim é o trabalho dos goianos do Death From Above, música de punk , feita pra punk , e claro … para todos aqueles que não tem o ouvido sensivel. São onze faixas do mais puro d-beat recheadas de ódio, protesto e discórdia contra a nossa pura e bela hipócrita sociedade, cada vez mais máscarada das mais diversas atrocidades. Chainsaw, T. Drunk e Slake formam o trio da terra do piqui, de uma cena castigada por estar no mesmo lugar que a música…

Leia mais aqui

Al Qaeda’s Greatest Corja

Al Qaeda’s Greatest  Corja

  Este álbum foi gravado entre janeiro e maio de 2006. As gravações foram feitas no estúdio de asilo (Goiânia-Go). Com Daniel (bateria), Segundo (baixo e vocal) e Camboja (guitarra / vocal), Corja nos trouxe este cd de hard core puro inovador. Inovador, sim, porque as canções trazem apresentações apenas em voz sarcástica, que por sua vez falam realidades gritantes que são tratados com “um olho cego” pela sociedade. “A realidade bater à sua porta” abre o CD, sem esconder os sentimentos de ódio de falsidade, a carta mostra que,…

Leia mais aqui

Cavalo de Tróia

Cavalo de Tróia

  Os movimentos sociais existentes no mundo que fazem frente e resistência á sistemas ditatoriais, não democráticos, repressores e injustos (como aqui no Brasil) tem como características básicas na sua forma de atuar, o uso de protestos e contestações, sendo eles verbais, escritos, audiovisuais, musicais, teatrais e artísticos em geral, por vezes há o emprego da violência (como forma de defesa ou ataque) e também boicotes, greves e sabotagens. O termo “ação direta” que é bem familiar aos que freqüentam e conhecem o underground, configura-se numa forma contracultural de se…

Leia mais aqui

Casito

Casito

Perguntas: Joana Respostas: Casito E-mail: [email protected] MSN: [email protected] Entrevista com José Oscar Teixeira Veiga Luz “Casito” por Joanna de Assis Como e quando foi seu primeiro contato com o Metal? Bem, tudo começou em 1969, ouvindo os álbuns dos meus primos na barriga da minha mãe. Era Rock puro, desde que nasci. O Heavy Metal veio a mim com Venom, Slayer, Exodus e Mercyful Fate no início dos anos 80. Eu deixava o meu cabelo crescer nesta época baseado no estilo dos hippies. Desde então, nunca pude parar. Viciado. Como…

Leia mais aqui

Anapolis Metal

Anapolis Metal

Domingo … dia 30 de janeiro de 2011, 13:00 chegando no Pálacio da Cultura em Anápolis, é dia de festival, palco pronto, tudo em cima apenas esperando público, bandas, e em fim o inicio do fest. Pode ser o começo de uma nova fase no underground anapolino, a prefeitura da cidade ja começa adar os olhos de verdade a nossa cultura, espero que os amigos produtores passem a buscar as leisde incentivo a cultura para enriquecer ainda mais os eventos na cidade. Com atraso de meia hora comçeou o fest…

Leia mais aqui

Cash For Chaos

Cash For Chaos

Entrevista realizada com Rodolfo do selo One Voice e da banda Cash For Chaos Perguntas: Cremogema: Respostas: Rodolfo Como foi para montar o Cash For Chaos? Foi muito mais um lance de moleque mesmo do que um lance de banda. Era o início dos anos 90. Ouvíamos muito R.D.P, S.O.D e D.R.I. Ai queríamos ter uma banda nesse estilo. Mas não sabíamos como tocar nem nada. Nada disso foi empecilho pra iniciarmos a banda. O legal e que logo logo estávamos ensaiando e tocando. Então vocês fizeram bem o lance…

Leia mais aqui

Calibre 12

Calibre 12

Perguntas: Cremogema Respostas: Calibre 12 Quando foi formada a banda?Como era no começo,para ensaiar,tocar? Navau – O calibre 12 começou em fins de 1991, a gente ensaiava na casa dos integrantes, era tudo muito tosco e diferente de hoje, mas a paixão e o amor pelo hardcore punk era o mesmo até hoje. Qual a razão do nome Calibre 12? Não fica violento? Navau – A razão é causar com o nosso som o mesmo impacto de um tiro de 12.Se fica violento ou não vai do critério de cada…

Leia mais aqui

Confronto em Buenos Aires

Confronto em Buenos Aires

  Bonissima noite, este é meu primeiro texto como colunista do cultura em peso, eu sou  Iara farei resenhas sobre a cena de Buenos Aires. começando com show a puro hard core , apresentado-se Igual jerarquia, os irmãos do Siguiendo a mis principios ,Tolerancia cero,Mil caras fazendo um show exelente para uma galera enloquecida com suas musicas, também enquirer tocando 20 minutos de um ótimo show e buenisimo som semelhante a 108. Billy the Kid (Costa Rica, América Central, em uma turnê na América do Sul), em sua quarta aparição…

Leia mais aqui

Brutal Exuberância

Brutal Exuberância

  Desde que o nosso grande Cremogema me chamou para ser colaborador do Cultura em Peso, eu fiquei extremamente satisfeito, pois contribuo também com um zine impresso chamado Páginas Vazias, no qual o Marco Paulo e Manoel (Uganga) são membros permanentes da equipe, em um projeto extremamente interessante e que vem se mostrando como algo que dá certo. A chance de contribuir em uma publicação na web, me animou muito, e aqui tenho a liberdade de fazer entrevistas, resenhas, ou mesmo escrever umas merdas hehehe… Começaremos entrevistando o Naldo, um…

Leia mais aqui

Body Art

Body Art

  A Body Art (arte do corpo) determina um aspecto da arte contemporânea que toma o corpo o meio de expressão ou como suporte para a realização dos trabalhos, associando-se frequentemente o acontecimento (happening) e a performace. Trata-se de considerar o corpo do artista como suporte para realizar intervenções associadas a violência,a dor e ao esforço físico. O sangue, o suor, a saliva e outros fluídos corpóreos mobilizados nos trabalhos interrompem a materialidade do corpo, que se apresenta como suporte para cenas e gestos que tomam por vez a forma…

Leia mais aqui

Black Skull

Black Skull

Oi, Daniel?! Tudo bem contigo? O BlackSkull tinha outro nome, qual era? Por que mudaram o nome da banda? Fala Kemi! Melhor impossível ! É verdade, o nome da banda mudou, antes se chamava Intoxicated. Mas com a mudança na formação da banda, ele e o Lourenço (batera)e o baixista na época, o André decidiram que um novo nome teria mais a ver com o momento atual da banda. Quando você entrou pra banda? Como está sendo isso? Se eu me lembro bem… eu entrei em outubro do ano passado,…

Leia mais aqui

Bernes

Bernes

Com um punk rock simples e bem feito o Bernes foi originado em Uberaba-Mg, com o propósito de critica musical e diversão. Em suas letras a banda mostrar a realidade de muitos brasileiros, diz que não a “futuro para nós”. Faz uma dura critica ao presidente da republica onde diz , que “Até se esqueceu que já foi proletário”, fala sobre ódio. A banda surgiu no fim de 2005, e atualmente vem agitando o cenário punk rock de sua cidade, e buscando novas formas de divulgação. Não é aquele grupo…

Leia mais aqui

Behind The Horror

Behind The Horror

  Perguntas : Cremogema Respostas: Banda Tive a oportunidade de ver o nascimento dessa banda , e tenho a satisfação de tantos anos depois poder entrevista-la. Estou falando da banda Behind The horror. 1- Naturalmente uma banda amadurece com o tempo, desde anos que estão na ativa qual o maior aprendizado? Quanto mais trabalho maior a recompensa, pode parecer clichê mas é o principal aprendizado que a experiência te traz 2- Com o passar dos anos como a banda tem sentido a cena de Anápolis? A receptividade em relação a…

Leia mais aqui

Nos bastidores dos bastidores

Nos bastidores dos bastidores

  Todas as vezes que falamos e pensamos sobre quem domina e manipula a sociedade, sempre nos vêm à cabeça uma imagem e concepção hierárquica, e não deixa de ser verdade, já que o que define os degraus da sociedade em que vivemos são as diferenças de classe (não que eu concorde com isso hehehe), onde prevalece como regente de tudo e de todos (ou quase todos) as oligarquias, ou seja, o escol da sociedade. Essas elites são diretamente ligadas e representantes da política de seus continentes, países, estados, cidades…

Leia mais aqui

Barrikaadi

Barrikaadi

  01 – A banda teve início quando? Como foi que resolveram se juntar para tocar punk? -A banda teve inicio em junho de 2007 estamos fazendo 2 aninhos esse mês! é realmente nos juntamos pra tocar punk mesmo e punk 80 Brasil pra ser mais exato a idéia era simplesmente montar uma banda,não tínhamos pretensão alguma naquela época… 02 – Por que o nome Barrikaadi? -Veio de uma musica do Kaaos que representa bastante pra gente e o significado é “barricada” 03 – Como vocês percebem a ideologia punk?…

Leia mais aqui

Index

Index

  Música sincera, simplesmente. A história começa em 1999, com as bandas NeedSurvive e Funtosh, importantes na cena independente de São Caetano. Depois do término dos dois projetos em 2004, surge o Index. Letras positivas, cozinha bem arranjada e trabalhada ao mesmo tempo, dando o peso que as guitarras cada vez mais afiadas precisam. Somada a sua presença de palco contagiante, a banda conquistou público em diversas cidades e estados do país durante a turnê de divulgação do álbum “Aposta”, lançado em maio de 2007. Em março de 2009 o…

Leia mais aqui

Bad Taste

Bad Taste

  Campinas, meados de abril de 2007. Estes são o local e a data em que 5 amigos tomam a decisão de juntar os pedaços de duas baterias velhas, reunir alguns instrumentos e passar a fazer barulho todos os domingos. A princípio, este “projeto” de banda chamava-se Ploc Monsters, chegando a fazer algumas apresentações pelos bares da cidade com esse nome. Até então, a proposta era simplesmente fazer músicas que unissem punk rock e filmes de terror, duas coisas muito apreciadas pelos integrantes do grupo. No entanto, com o passar do…

Leia mais aqui

Attero

Attero

Perguntas: Mannu Respostas: Serginho Falar de Attero é falar de um dos grupos mais expressivos do hardcore mineiro. Fazendo um som que remete diretamente ao crossover feito nos anos 80 (porém muito longe das meras cópias de hoje me dia) a banda segue firme com vários planos para 2009. Falei com meu chapa Serginho sobre esses planos, mudanças de formação, cegonha e muito mais…Confiram ai… 1- Salve rapaziada! Antes de perguntar sobre o Attero queria que vocês falassem um pouco do Krosta, que ao meu ver foi meio que a semente inicial…

Leia mais aqui

Askerosamente Repugnante (Chile)

Askerosamente Repugnante (Chile)

Perguntas : Cremogema Respostas: Banda   1 – Apenas três anos da banda, o que você considera mais importantes ações para esse grupo pequeno de tempo? Os concursos que vencemos, a demo que nós ISIM mais conhecido, a amizade que temos com as pessoas aqui em nosso país, bem como pessoas de fora do México, Argentina, Uruguai, Brasil, Peru, Alemanha e acreditamos é o mais importante nesses três anos que nós, como uma banda – (As competições que nós ganhamos (ganhar), a demo com a gente ISIM Que mais conhecidos,…

Leia mais aqui

As Dramatic Homage

As Dramatic Homage

Perguntas : Cremogema Respostas: Alexandre Pontes e Alexandre Martins 1- 11 anos de história não é para qualquer um, porém neste tempo a banda vive com constantes desfalques em sua formação, você pode nos explicar qual o efeito disso nas produções e evolução da banda ? Alexandre Pontes – Realmente é uma luta constante em vários aspectos e as mudanças na formação sempre foi um fator que dificultou em termos de progressão em algumas atividades, porém hoje em dia acredito que existe uma idéia e atitude mas profissional do que antes….

Leia mais aqui
1 66 67 68 69