Pitadas de Ditadura

Pitadas de Ditadura

Agora temos a solução para os problemas da criminalidade, drogas, violência, prostituição e tudo que você achar de ruim no dicionário, basta criar um toque de recolher para os jovens menores de idade e tudo será resolvido!!! Tinha que ser aqui no Brasil né?! Você não viu, não sabe, não escutou ou não quer saber? Algumas cidades do nosso contraditório, injusto e perverso país estão adotando o toque de recolher para os jovens menores de idade como forma de discipliná-los, regrá-los e combater a criminalidade segundo o entendimento de alguns…

Leia mais aqui

Crust – as origens

Crust – as origens

  O crust é talvez um dos estilos musicais mais suburbano que existe, consegue ser o underground do underground. Até mesmo mais seletivo que o grindcore. Sendo uma subcultura ou contracultura sendo praticamente desconhecida fora da cultura punk, metal ou do meio dos squatters. A sua origem é remota e pouco definida. Inicialmente rotulada como stenchcore (instinct of survival) rapidamente adaptou-se o termo crustcore ou pura e simplesmente CRUST. O termo que surge através da banda DEVIATED INSTINCT que editou a demo “Terminal Filth Stenchcore” mesmo antes de chegarmos a…

Leia mais aqui

Coca Cola

Coca Cola

  Coca-cola + seu dinheiro = Guerras   Se um desconhecido chegasse até você e com palavras duras te acusasse de ser responsável pela morte do filho dele, o que você pensaria? Que a pessoa é louca no mínimo! Contudo se este sujeito que te acusa for um nativo ou morador de algum país que no momento está sendo bombardeado, rechaçado, reprimido e destruído pelo império todo poderoso dos EUA, ele pode estar certo! Você deve estar se perguntando, como? Quando você inocentemente vai até um supermercado, lanchonete ou qualquer…

Leia mais aqui

Continuamos não Aturando

Continuamos não Aturando

  SALVE LOKOS! MANTENDO O FOCO NA NOSSA REGIÃO A COLUNA “TRIÂNGULO VERMELHO” DESTACA A BANDA DE UBERABA C.N.A. (CONTINUAMOS NÃO ATURANDO) QUE ESTÁ COM EP NOVO NA PRAÇA E MUITO PIQUE PRA LEVAR ADIANTE SEU HARDCORE/CROSSOVER DE PROTESTOSEMPRE EM FRENTE SEM DAR BOLA PRA ZOIÃO, VAMO QUE VAMO!JOKERPERGUNTAS: MANU “JOKER” PRESPOSTAS: CNA 1) PRA COMEÇAR FALEM UM POUCO DO INÍCIO DA BANDA. VCS SÃO DA NOVA SAFRA HARDCORE DO TRIANGULO E ESTÃO A POUCO MAIS DE 6 MESES NA ATIVA. O QUE OS MOTIVOU A FORMAREM O CNA E…

Leia mais aqui

TRIÂNGULO VERMELHO

TRIÂNGULO VERMELHO

QUANDO O CREMOGEMA ME CONVIDOU PARA ESCREVER NO SITE EU DISSE QUE NÃO QUERIA FALAR ESPECIFICAMENTE DE UM ESTILO E SIM DA NOSSA CENA REGIONAL COMO UM TODO QUE, INDEPENDENTE DE RÓTULOS, SE TORNA MAIS INTERESSANTE A CADA DIA. VOU ME ATER MAIS AS CIDADES DE UBERABA E UBERLÂNDIA NESSE PRIMEIRO TEXTO POIS ACHO QUE NESSAS DUAS AS COISAS ESTÃO ACONTECENDO DE FORMA MAIS RÁPIDA E ORGANIZADA (UNIDA NÃO) NO NOSSO TRIÂNGULO MINEIRO. EM UBERABA OS ESPAÇOS PARA SE APRESENTAR ESTÃO VOLTANDO E AGORA, AO LADO DO JÁ ESTABILIZADO MUNCHEN…

Leia mais aqui

Cavalo de Tróia

Cavalo de Tróia

  Os movimentos sociais existentes no mundo que fazem frente e resistência á sistemas ditatoriais, não democráticos, repressores e injustos (como aqui no Brasil) tem como características básicas na sua forma de atuar, o uso de protestos e contestações, sendo eles verbais, escritos, audiovisuais, musicais, teatrais e artísticos em geral, por vezes há o emprego da violência (como forma de defesa ou ataque) e também boicotes, greves e sabotagens. O termo “ação direta” que é bem familiar aos que freqüentam e conhecem o underground, configura-se numa forma contracultural de se…

Leia mais aqui

Casito

Casito

Perguntas: Joana Respostas: Casito E-mail: [email protected] MSN: [email protected] Entrevista com José Oscar Teixeira Veiga Luz “Casito” por Joanna de Assis Como e quando foi seu primeiro contato com o Metal? Bem, tudo começou em 1969, ouvindo os álbuns dos meus primos na barriga da minha mãe. Era Rock puro, desde que nasci. O Heavy Metal veio a mim com Venom, Slayer, Exodus e Mercyful Fate no início dos anos 80. Eu deixava o meu cabelo crescer nesta época baseado no estilo dos hippies. Desde então, nunca pude parar. Viciado. Como…

Leia mais aqui

Confronto em Buenos Aires

Confronto em Buenos Aires

  Bonissima noite, este é meu primeiro texto como colunista do cultura em peso, eu sou  Iara farei resenhas sobre a cena de Buenos Aires. começando com show a puro hard core , apresentado-se Igual jerarquia, os irmãos do Siguiendo a mis principios ,Tolerancia cero,Mil caras fazendo um show exelente para uma galera enloquecida com suas musicas, também enquirer tocando 20 minutos de um ótimo show e buenisimo som semelhante a 108. Billy the Kid (Costa Rica, América Central, em uma turnê na América do Sul), em sua quarta aparição…

Leia mais aqui

Brutal Exuberância

Brutal Exuberância

  Desde que o nosso grande Cremogema me chamou para ser colaborador do Cultura em Peso, eu fiquei extremamente satisfeito, pois contribuo também com um zine impresso chamado Páginas Vazias, no qual o Marco Paulo e Manoel (Uganga) são membros permanentes da equipe, em um projeto extremamente interessante e que vem se mostrando como algo que dá certo. A chance de contribuir em uma publicação na web, me animou muito, e aqui tenho a liberdade de fazer entrevistas, resenhas, ou mesmo escrever umas merdas hehehe… Começaremos entrevistando o Naldo, um…

Leia mais aqui

Body Art

Body Art

  A Body Art (arte do corpo) determina um aspecto da arte contemporânea que toma o corpo o meio de expressão ou como suporte para a realização dos trabalhos, associando-se frequentemente o acontecimento (happening) e a performace. Trata-se de considerar o corpo do artista como suporte para realizar intervenções associadas a violência,a dor e ao esforço físico. O sangue, o suor, a saliva e outros fluídos corpóreos mobilizados nos trabalhos interrompem a materialidade do corpo, que se apresenta como suporte para cenas e gestos que tomam por vez a forma…

Leia mais aqui

Black Skull

Black Skull

Oi, Daniel?! Tudo bem contigo? O BlackSkull tinha outro nome, qual era? Por que mudaram o nome da banda? Fala Kemi! Melhor impossível ! É verdade, o nome da banda mudou, antes se chamava Intoxicated. Mas com a mudança na formação da banda, ele e o Lourenço (batera)e o baixista na época, o André decidiram que um novo nome teria mais a ver com o momento atual da banda. Quando você entrou pra banda? Como está sendo isso? Se eu me lembro bem… eu entrei em outubro do ano passado,…

Leia mais aqui

Nos bastidores dos bastidores

Nos bastidores dos bastidores

  Todas as vezes que falamos e pensamos sobre quem domina e manipula a sociedade, sempre nos vêm à cabeça uma imagem e concepção hierárquica, e não deixa de ser verdade, já que o que define os degraus da sociedade em que vivemos são as diferenças de classe (não que eu concorde com isso hehehe), onde prevalece como regente de tudo e de todos (ou quase todos) as oligarquias, ou seja, o escol da sociedade. Essas elites são diretamente ligadas e representantes da política de seus continentes, países, estados, cidades…

Leia mais aqui

Barrikaadi

Barrikaadi

  01 – A banda teve início quando? Como foi que resolveram se juntar para tocar punk? -A banda teve inicio em junho de 2007 estamos fazendo 2 aninhos esse mês! é realmente nos juntamos pra tocar punk mesmo e punk 80 Brasil pra ser mais exato a idéia era simplesmente montar uma banda,não tínhamos pretensão alguma naquela época… 02 – Por que o nome Barrikaadi? -Veio de uma musica do Kaaos que representa bastante pra gente e o significado é “barricada” 03 – Como vocês percebem a ideologia punk?…

Leia mais aqui

Bad Taste

Bad Taste

  Campinas, meados de abril de 2007. Estes são o local e a data em que 5 amigos tomam a decisão de juntar os pedaços de duas baterias velhas, reunir alguns instrumentos e passar a fazer barulho todos os domingos. A princípio, este “projeto” de banda chamava-se Ploc Monsters, chegando a fazer algumas apresentações pelos bares da cidade com esse nome. Até então, a proposta era simplesmente fazer músicas que unissem punk rock e filmes de terror, duas coisas muito apreciadas pelos integrantes do grupo. No entanto, com o passar do…

Leia mais aqui

Attero

Attero

Perguntas: Mannu Respostas: Serginho Falar de Attero é falar de um dos grupos mais expressivos do hardcore mineiro. Fazendo um som que remete diretamente ao crossover feito nos anos 80 (porém muito longe das meras cópias de hoje me dia) a banda segue firme com vários planos para 2009. Falei com meu chapa Serginho sobre esses planos, mudanças de formação, cegonha e muito mais…Confiram ai… 1- Salve rapaziada! Antes de perguntar sobre o Attero queria que vocês falassem um pouco do Krosta, que ao meu ver foi meio que a semente inicial…

Leia mais aqui

Claudinei – Armagedom

Claudinei – Armagedom

Perguntas: Joanna Respostas: Claudinei Entrevista para Claudinei dos Santos Ferreira por Joanna de Assis 1- Como e quando começou sua relação com a música e o punk? Acho que a musica já tava no sangue desde que nasci. Mas no inicio da década de 80, as bandas de metal e punk que eram novidade viraram minha cabeça completamente, e naquela época eu falei: “Esse é o som que vai me acompanhar pra sempre “ e aqui estou até hoje. 2- Fale um pouco do cenário punk paulista do passado e…

Leia mais aqui

Atos de Vingança

Atos de Vingança

  Atos de Vingança é uma banda punk da Zona Leste de São Paulo. Apesar do cotidiano caótico em que vivem a banda tenta passar uma mensagem positiva e construtiva através da sua música. A banda tem se firmado com a seguinte formação: Rafael (vocal), Diego (baixo), Marcelo (guitarra) e Bruno (batera). Conheça um pouco mais sobre a banda!!!! 1- Nos fale um pouco mais a respeito da banda, a quanto tempo estão juntos, line up atual. AdV- Bem vamos lá. Surgindo de uns bairros mais pobres da zona leste de…

Leia mais aqui

Antis Ki eu Morra

Antis Ki eu Morra

    “Agacê Catimbó e Charuto com Xodó Milho” www.myspace.com/antiskieumorra www.fotolog.com/antiskieumorra Jonzin – vocal Júlio – baixo Walter – guitarra Negão – bateria 1. Pra começar, falem-nos um pouco sobre o nome da banda: quem teve a idéia? Qual a grande sacada desse nome? Jonzin: Na verdade, o primeiro nome da banda foi Guela Seca e tinha também outra formação: Rafael Boy Chato (batera), Anderson (guitarra), Renan (baixo) e Jonzin (vocal e único integrante que sempre fez parte da banda). A decisão de mudar de nome veio com algumas mudanças…

Leia mais aqui

Angel Butcher

Angel Butcher

entrevista com Totoin logo abaixo Fala rapaziada! Tô de volta com mais galhofas insanas direto da zebulândia! Dessa vez vou falar de 2 lançamentos recentes por estas bandas, o cd do meu camarada Totoin “Produzindo Indo…Improvisando Ando…” que já tá na praça e mostra a força do hip-hop local ( logo na Incêndio Discos!) e o ep do Angel Butcher (banda que toco paralelamente ao U-Ganga desde 1986), que sai em Março e vem celebrar 23 anos de trajetória. Foi mal a demora em mandar o texto Cremogema heheheheh… Um…

Leia mais aqui

Anarquia

Anarquia

  Tem alguém aí que acredita??? Você nasce…. Você cresce….. Você começa a desenvolver ciência daquilo que quer e daquilo que gosta Você toma decisões, age,pensa,vive e sofre e principalmente crê em algo e, conseqüentemente, sua vida mais cedo ou mais tarde, acaba por girar em torno desse sentimento de pertencer a algo,de ser algo. No meu caso, encontrei esse tipo de sentimento participando de forma ativa no underground e em todo o papo de resistência, de buscar a sua identidade, de ser um indivíduo completo;ciente de suas decisões, livres…

Leia mais aqui

Ameba

Ameba

  Entrevista com Enieverson “Ameba” por Joanna de Assis De onde veio o apelido Ameba?   Não é pela atual banda Amebix, (inclusive eles têm um som foda!). Este é um tosco apelido que inventei quando adolescente e pichava os muros com pincel atômico “AMEBA”. Ao longo me muitos anos venho me apresentando às pessoas com este codinome. Equivocados estão aqueles que acham que uma ameba não tem cérebro.   Ícone punk, rssss, amigo! Sou sua fã. Conte-nos da sua punkeragem pela vida.   Fui protagonista de muitas atividades de…

Leia mais aqui
1 6 7 8