Entrevista com Insalubre

Entrevista com Insalubre

    1-  “UM LOCAL INADEQUADO A PRESENÇA HUMANA, POR CONTER AGENTES AGRESSIVOS À SAÚDE E À INTEGRIDADE FÍSICA”. Este é o significado da palavra Insalubre, neste contexto , porque a escolhe deste nome para a banda? RESPOSTA: Primeiro, porque é um bom nome pra uma banda e depois é traduzir uma ideia de um som sujo, corrosivo, que incomode aos ouvidos alheios do senso comum alienado. Insalubre também traduz perfeitamente a nossa realidade social e política, não somente no Brasil mas em todo o mundo. 2- Relativamente nova, a…

Leia mais aqui

Massacre em Alphaville

Massacre em Alphaville

  1 – Já com 10 anos de banda e muita história para contar, qual foi o aprendizado destes anos de underground? Ví: Que o underground é você por você e por isso mesmo, cada coisa conquistada tem um puta valor incrível! 2 – Porque o nome “Massacre em Aphaville” ? Massacre em Alphaville porque nós odiamos Alphaville em todos os seus sentidos; odiamos sua simbologia, sua ideologia, seu significado material e histórico, seus moradores ricos e suas ruas segregadoras. Massacre em Alphaville porque não queremos mais uma sociedade excludente…

Leia mais aqui

Wolfbrigade

Wolfbrigade

  1- Uma das bandas mais antigas de Crust em atividade, e nome inquestionavel em referência no estilo, como tem sido o ano de 2011 para vocês? Tem sido calmo quando se trata de tocar ao vivo, queria se concentrar em escrever músicas novas, e Erik se tornou pai em maio, então ele tinha outras prioridades. Mas temos sido muito ativos no underground. 2- A banda esteve um tempo parada e depois voltou, porém parecem bandas distintas com o mesmo nome, a nova formação eu nova cara a banda ?…

Leia mais aqui

Simbiose

Simbiose

  1- Após a saída de Hugo, quanto tempo vocês demoraram para encontrar um substituto e quais critérios usaram? Uns 2 a 3 meses, pois experimenta-mos e escolhemos o que se identicava mais com a banda, que neste caso foi o André(Ex-Blacksunrise e Fight for a Change). 2- Simbiose já é uma referência no crust europeu, a banda sente um peso nas costas de album para album por se referencia ? Bem a banda independentemente de tudo o resto, curte fazêr esse som,acho que já criamos um estilo próprio dentro…

Leia mais aqui

Simbiose

Simbiose

  Cremogema: Estou com Jonhy e Hugo da banda Simbiose de Portugal. Quando surgiu a visão de vocês de vir ao Brasil para estar tocando? Simbiose(Jonhy): A banda começou em 1991, e …durante todo este tempo tivemos várias alterações de formação, mas após 16 anos finalmente conseguimos realizar o sonho de vir ao Brasil dar uns shows violentos para a galera. Cremogema: Como vocês estão vendo a receptividade do Brasil e como vocês viam o Brasil de lá (Portugal) antes de vir para cá? Simbiose(Jonhy): Muito acima de toda expectativa…

Leia mais aqui

Recusa Armada

Recusa Armada

    Perguntas: Cremogema Respostas: André Comix Desde a formação da banda em 2002, quais os materiais gravados pela banda? R: Temos dois CD-Rs, gravados com poucos recursos tecnológicos. Igreja Assassina… …Templo Maldito, gravado pelo selo Toskera Record´s e um comemorativo aos 5 anos da banda, gravado no Nappö Record´s. Ambos distribuídos pela Gritos de Revolta Distro e Tosco Todo. Participamos de algumas coletâneas, podemos citar: Lixeira Humana Vol. 6, Kompilação Libertária #1 e Punk Roça. Você diz que a banda defende o ideal libertário anarquista, mas de que modo?…

Leia mais aqui

Nuclear Frost

Nuclear Frost

  1- Falem sobre o início da carreira da banda e as dificuldades enfrentadas no início? E ai Silvão…. Beleza…. Primeiramente, valeu pela entrevista. As primeiras dificuldades as quais passamos, foram encontrar, pessoas firmeza e que realmente gostassem do som que estávamos afim de fazer. No começo de 2006 o Nuclëar Fröst era pra ser uma banda (projeto), minha e do Edu. Por que na época ele tocava no ROT, estávamos afim de fazer um lance meio que experimental – tipo um Industrial misturado com Crust -, misturado com muito…

Leia mais aqui

Diskontroll

Diskontroll

  1 – Dê quem foi a idéia de formar o Diskontroll e como tudo começou? Bonga: A idéia foi minha e do ex-baterista Denito (Defy, Disarm). Queríamos montar uma banda d-beat, algo como um neto do Discharge e um filho do Disclose, hehehe. Lembrando que hoje existem diversas bandas neste estilo no Brasil e uma certa cena já se formou, mas no começo de 2006 o lance era o underground do underground, hehehe. Tanto que para achar um guitarrista e um baixista tivemos que colocar anúncios na Internet. 2…

Leia mais aqui