Caminhos de dor – Cervical HC

Caminhos de dor – Cervical HC

Ja tem tempo que saiu, mas nunca é tarde pra se falar do que é bom. Qual o caminho da dor? Tantas pessoas ao longo do tempo dizem ter trilhado este caminho e muitas delas não sabem como chegaram nele … Cervical é hardcore carioca, mais precisamente de Macaé. O grupo já é uma referência nesta região que é muito bem servida de bandas, e tem se expandido cada vez mais na cena HC , num estado em que o (samba) rock esta muito bem servido. “Caminhos de dor” é…

Leia mais aqui

Pogo Pogo Zero – Demo

Pogo Pogo Zero – Demo

Tenho aqui em mãos esta obra do Pogo Pogo Zero, banda de hardcore catarinense. O grupo que esta na luta desde 2003, lançou este material em 2013. Confesso que não conhecia a banda,  e fiquei surpreendido com a qualidade. Nenhuma banda gosta de comparações, mas me lembra de leve o hardcore do  “NO INNOCENT VICTIM”. São 4 musicas de muito peso,  transparecendo ódio e não conformismo com a atual situação, letras que expressão violência,  toda sujeira humana, e  ate mesmo a corrupção religiosa das igrejas. Minha preferida fica por conta…

Leia mais aqui

Ground Zero Conflict – Juggernaut

Ground Zero Conflict – Juggernaut

Oriundos de Timbó – Santa Catarina estes guerreiros são obra da resistência autoral na cena do metal catarinense. Tenho em mãos o bem trabalhado “Ground Zero Conflict”, album  da banda Juggernaut, este que conta com 7 músicas das quais destaco Faces of war. Envolvido em melodias e brutalidade este full da Juggernaut tras 33 minutos de muita pancadaria concentrada extraindo o máximo que o thrash metal pode oferecer. Destilando odio e violência, o grupo se apresenta impecavel na agressividade dos riffs, nas viradas e na cadência das musicas. É notavel…

Leia mais aqui

Resenha Blind Pigs – Capitânia

Resenha Blind Pigs – Capitânia

(Sweet Fury Records / Zona Punk, 2013) A expressão “lobo do mar” sempre alude a um sujeito (ou um conjunto deles), cuja experiência no mundo fora marcada por adversidades, intempéries e situações intempestivas. No entanto, navegando com os ventos ou à deriva, ora vencendo, ora sendo vencido, este mesmo sujeito – cheirando à maresia, suor e sangue – chega sempre ao seu destino e nada se arrepende do que fez ou deixou de fazer. Olha pra trás e tira daquilo tudo algo que o impulsiona a seguir em frente. “Capitânia”,…

Leia mais aqui

“Nine Waves From The Shore” – Celtachor (Irlanda)

“Nine Waves From The Shore” – Celtachor (Irlanda)

Eis que recebo por email o primeiro full-length da banda Celtachor. Oriundos da Irlanda, eles se intitulam “Blackened Folk Metal irlandese”, direto de Dublin foca sua tematica toda na mitologia local. Eles conseguem fazer um som unico sem se desprender dos dois estilos. Você sente a vibração do folk metal nas musicas, mas por outro lado nunca abandona o black metal. Esse disco é a prova que trabalha e agrada criticos de ambos os lado, o folk e o black metal. A evolução das demos anteriores é notória, claro sem…

Leia mais aqui

I the wolf – Warhell (Demo)

I the wolf – Warhell (Demo)

  a demo nao conta com uma qualidade muito boa de gravação, e a faixa ao vivo eixa a desejar bastante na qualidade , porém os pontos negativos ficam por ai, violência brutal em 3 faixas pra qualquer banguer sacudir o crânio. Dentre as trÊs faixas uma delas é cover do Mutilator. Warhell ainda tem muito pra se ouvir dessa banda que pude conferir de perto e é uma pedrada no palco! Conheça mais sobre a banda aqui: https://www.facebook.com/warhell.deaththrash  

Leia mais aqui

WARHELL – AFTER YOUR BLOOD TO THE MOSH

WARHELL – AFTER YOUR BLOOD TO THE MOSH

  After your blood to the mosh A demo conta com quatro músicas, pancadas muito bem tocadas. A primeira musica se chama “Die for thrash”, ritmada pelo thrash metal old school ideal para dar um tapa na cara logo d eentrada, e mostrar que a banda de Curitibanos – Sc não esta para brincadeiras. A meu destaque fica pra Warhell, tema qye leva o nome da banda. a musica entra nas veias e percorre o sangue inteiro. A qualidade também é muito boa, se tratando de uma demo. Conheça mais…

Leia mais aqui

Sanhaço – O preço da maldade

Sanhaço – O preço da maldade

  Explorando o vazio interior das pessoas e a violência sem limites dos dias atuais , o Sanhaço Hc abre seu EP com o “O preço da maldade”, continuando segue para “Hipnose” com uma letra embasada na união  vem pra alertar oque sempre foi lógico, mas as pessoas não acordam, que a união faz a força. Sanhaço faz um hardcore com pegada old school e leves passeios pelo  hardcore Nova York, mas ideologicamente muito politica, repleta de mensagens de protesto. Os cariocas são uma bala de canhão numa cena que…

Leia mais aqui

Dimolasyus – The room forgotten by time

Dimolasyus – The room forgotten by time

  Para os”amantes” do verdadeiro e underground metal melódico brasileiro, vos apresento “Dimolasyus” a pura encarnação de fúria, violência, velocidade, melódia e harmonia rompendo de suas profundezas mais vorazes as estruturas do metal melódico. Eles lançaram “The room forgotten by time”, excelente disco com 10 golpes certeiros. O ano do lançamento foi 2008, mas só agora conheci e me surpreendi com o material, vide que metal melódico não esta entre meus gostos musicais. Situados no extremo sul catarinense, o trio conta com Lucas Bitencourt, Felipe Nasck e Fernand Kamilo. Há…

Leia mais aqui

Absvrdist – Illusory

Absvrdist  – Illusory

Illusory é o disco da banda Absvrdist de San Antionio (US). O grupo conseguiu fazer a mistura de grind core ao black metal sem parecer monotona ou tediosa. Funny Games é a minha escolhida pois é a musica no meu ver que tem os maiores elementos de grind e black no disco. A parte de grind core predomina em todo o disco e alguns elementos de black metal são as variaveis nos sons. Vale muito a pena ouvir porque a destruição demonstrada nesse disco é só um básico do que…

Leia mais aqui

Thrown into the Silence – Silêncio do Caos

Thrown into the Silence – Silêncio do Caos

Oriunda dos caminhos imsóbrios de Teresópolis – Rj, Silêncio do Caos em seus 2 anos de estrada ja caminha por suas próprias pernas, e assim nos traz seu primeiro lançamento oficial, um Ep de 5 petardos, dentre eles constando uma delas em português. Destaque para Bloody Awakening onde é clara a qualidade dos blast beats. Para os que aconpanham a banda percbe e e pode declarar sem medo que a banda obteve uma grande evolução, algo que é mais que normal em músicos aplicados que buscam sempre melhorar seu desempenho…

Leia mais aqui

Between The Lines – Stormbane

Between The Lines – Stormbane

  Não é nenhum chavão conhecido, nem mais um ícone europeu do metalcore. Isso mesmo pode ouvir e acreditar, esse petardo oriundo das entranhas geradas na união do metal ao hardcore se chama Stormbane. Vem da terra do samba, do funk, o Rio de Janeiro. Cidade que esconde em sua atmosfera sons que penetram em seus ouvidos como granadas ao chão. O trio lança o EP “” gravado por Victor Schaal – voz e bateria, Marcelle Schaal – guitarra, e Leonardo Costa – baixo. Produzido no próprio Rio de Janeiro….

Leia mais aqui

Silence your enemies – Taken Under

Silence your enemies – Taken Under

  Aqui tenho hoje em minhas mãos um dos trabalhos dessa ótima banda norte americana, que faz um excelente hardcore, com pegadas de metal e letras curtas e grossas. O grupo faz parte de uma nova geração do hardcore americano que tem totais condições de fazer história. Se você gosta de Madball, Agnostic Front, vale a pena ouvir estes petardos lançados diretamente de Tennesse, Estados Unidos. Russ, Mak, Jason, Pookie e Steve tem três trabalhos ao total, que são eles : A OPERATION: United Forces; Silence Your Enemies (Do qual tenho o…

Leia mais aqui

Rompendo fronteiras

Rompendo fronteiras

  Coletânea Rompendo Fronteiras Uma compilação libertária gravada em cdr em baixa tiragem com autorização dos artistas. Sem tempo pra respirar Espanto chega literalmente descendo a pancada com seu crust/grind falando sobre a sociedade que fábrica seu próprio fim, como por exemplo a faixa suicídio social. Sinceramente foi muito bom ter conhecido esse som, pois motiva protesto e traz a violência sonora muito bem feita e mais ainda bem direcionada. Espanto é uma banda formada em meados de 2003 com a proposta de destruir todas as desgraças , políticos e…

Leia mais aqui

Alive and Rotting – Necrobiotic

Alive and Rotting – Necrobiotic

  RESENHA – Necrobiotic (cd-demo – Alive and Rotting) Estou neste exato momento com uma dor fudida no pescoço, causada pelo cd-demo da banda Necrobiotic de Divinópolis. Ao ouvir este petardo do death metal nacional, a sensação que você tem não é outra senão chacoalhar seu cérebro até a cabeça cair, já que a porradaria come solta do início ao fim. Destaque especial para a capa, que honra filmes de pesquisa genética laboratorial tecnocrata ao estamparem 2 fetos dilacerados em meio a muito sangue, seringas e outros materiais cirúrgicos, e…

Leia mais aqui

Infernum Liberus – Darkside of Innocence

Infernum Liberus – Darkside of Innocence

  O som funebre que lava almas perdidas em um vale negro , assim pode se chamar a trilha sonora imposta em “Infernum Liberus” o mais novo trabalho da banda portuguesa “Darkside of Innocence”. Posso destacar o casamento de vozes praticamente perfeito , a voz limpa de Sara e os vocais rasgados de Pedro criam uma enorme sinfonia e contagiante. Se você gosta de black metal , Gothic metal , doom, vampirismo …. terás 12 faixas de muita morbidez e escuridão que impressionam o mais detalhistas . Se você gosta de bandas como Tristânia, Dark tranquility…

Leia mais aqui

Antagonismos – Fmi Crossover

Antagonismos – Fmi Crossover

  Sai em enfim o primeiro cd da banda de crossover mineiro Fmi. Liderada por Roberto(desbravador da cena independente uberlandense), o grupo demorou dez anos para seu primeiro álbum full, sobrevivendo as várias alterações na formação o FMI apresenta 6 pedradas aos ouvidos dos adeptos do bom e velho crossover. Para os que conhecem, a evolução da banda é devastadora, para ser mais sincero parece outro FMI em ação. Fica para mim em destaque “Injustiça do trabalho” que teve roupagem nova é mostra a evolução que eu citei perfeitamente. As…

Leia mais aqui

Expurgo Grind

Expurgo Grind

Com os ofensivos vocais guturais de Egon o Expurgo comanda uma seqüência de canções destruidora capaz de incomodar qualquer ser vivo! O grupo residente em Belo Horizonte tem três demo tapes lançadas e um cd do qual posso relatar a evolução seqüencial a cada material. Sobre o cd Grey Waste a banda mineira despeja violência sonora e encanta qualquer fãn do estilo satisfeito com tal “pancadaria” . Posso destacar Muncupus como a melhor faixa deste cd repleto de energia oriunda do protesto. Para conferir a banda acesse o myspace: www.myspace.com/expurgo…

Leia mais aqui

Burial Ground – Expurgo

Burial Ground – Expurgo

  Há algum tempo acompanho o trabalho dos mineiros do Expurgo, e cada novo trabalho percebo uma certa evolução, porém o último cd dos caras não teve “uma evolução” e sim um salto de qualidade muito alto. Em todos aspectos o trabalho esta melhor, mais trabalhado, sonoramente a qualidade melhorou e não perdeu a essencia, mais brutal “Burial Ground” te oferece 29 tiros pra sacudir o cerebro. Fato comun em muitas bandas é que após alguns anos comece a perder a linha ou deixar a desejar de material para material,Expurgo…

Leia mais aqui

Endless War – Mystical End

Endless War – Mystical End

  O mais novo trabalho da Mystcal End banda que foi formada em meados de 2003 para praticar um heavy metal tradicional, trabalho qual muito bem feito pelos paulistas de Itapetininga, que lançaram este material cheio de fuúria violência e ótima sonoridade em 4 canções , sendo material multimidia com videos e fotos. as quatro músicas variam entre entre o thrash e o tradicional com identidade própria , algo hoje muito dificil de se ver, criatividade que é valorizada pelo cultura em peso e verdadeiros amantes do underground. Temática explorando…

Leia mais aqui

Sangue Sangue – Uzomi

Sangue Sangue  – Uzomi

  Se você é da velha guarda e crê que ainda existe o bom e velho crossover, eis que lhe apresento esta excelente obra intitulada “Sangue, sangue” com 12 petardos de puro thrashcore. Os fãns de D.R.I podem procurar , pois vão se sentir no passado evoluindo no futuro ouvindo Uzomi. A banda carioca esbanja talento, sarcasmo e um gosto obcecado por sangue, lixo, vermes e poluição. Isso mesmo, com letras apuradas a banda mostra o que acontece no dia-a-dia do brasileiro, do trabalhador, e ainda sobra espaço pra falar…

Leia mais aqui
1 2 3