Linda Tam Simpson – O Icone da fusão Punk/Metal

Linda Tam Simpson – O Icone da fusão Punk/Metal

Algumas mulheres sempre estiveram ligadas a genêros extremos do Grindcore, Thrash Metal, Black Metal, Crust etc dentre outros nomes mais famosos dentro da cena underground. “Linda Tam Simpson” e uma delas, um forte nome líder da banda SACRILEGE que no meu caso foi a pioneira a fazer este tipo de fusão(Punk/Metal). Muito pouco se sabe da vida pessoal dela porem sua musica e seus registros fonográficos felizmente são facilmente encontrados nos dias de hoje. Banda inglesa originária de Birmingham (um verdadeiro celeiro de vários outros grupos) sua influência e muito…

Leia mais aqui

“AMY MIRET’ e a banda NÁUSEA

“AMY MIRET’ e a banda NÁUSEA

Hoje venho falar de uma das mais importantes bandas dentro do subgênero CRUST, um derivado do punk que vem ganhando espaço dentro do cenario underground mundial. Um texto na integra que possivelmente exclusivo no Brasil falando sobre a vocalista “AMY MIRET” e a lendária banda NAUSEA. Quando o metal e o punk começaram a produzir seus subgêneros descendentes, um dos primeiros gêneros a surgir era um som crú, sujo, tosco com forma de thrash, tingido de punk chamado CRUST. Um subgênero formado por jovens conscientes com a sociedade e com…

Leia mais aqui

“O QUE E A “PROFANE EXISTENCE’

“O QUE E A “PROFANE EXISTENCE’

    A “Profane Existence”(ocasionalmente referido como “PE”) é um coletivo de “Minneapolis”(USA) baseado na cena anarco-punk coletiva. Fundada em 1989, o coletivo publica um”zine” nacionalmente conhecido(também chamado de “Profane Existence”), bem como a liberação e distribuição de musica anarco-punk, crust e grindcore, impressão e publicação panfletos, fanzines e literatura. “Stacy Thompson’ descreve o coletivo como “o maior, mais duradouro e mais influente coletivo Anarco-Punk do mundo”. O coletivo parou em 1998, embora o seu braço de distribuição, então chamado de “Blackened Distribution” continuou ativo. E foi reiniciado em 2000….

Leia mais aqui

“Os Pais do Crust” – “AMEBIX’

“Os Pais do Crust” – “AMEBIX’

  E uma banda de “crust punk’ formada em 1978 na Inglaterra. Começaram como o nome de “The Band with No Name” e durou de 1978 até 1987. A banda voltou a se reunir em 2008. História: Por ser uma das primeiras bandas a misturar anarco-punk e heavy metal, são citados como uma das bandas que ajudou a criar o estilo crust punk. Seu álbum Arise! de 1985, é considerado um dos primeiros álbuns do gênero. Suas influências foram Motörhead (e a curta passagem de Lemmy no Hawkwind), Black Sabbath…

Leia mais aqui

Nuclear Frost

Nuclear Frost

  1- Falem sobre o início da carreira da banda e as dificuldades enfrentadas no início? E ai Silvão…. Beleza…. Primeiramente, valeu pela entrevista. As primeiras dificuldades as quais passamos, foram encontrar, pessoas firmeza e que realmente gostassem do som que estávamos afim de fazer. No começo de 2006 o Nuclëar Fröst era pra ser uma banda (projeto), minha e do Edu. Por que na época ele tocava no ROT, estávamos afim de fazer um lance meio que experimental – tipo um Industrial misturado com Crust -, misturado com muito…

Leia mais aqui

Lolitas

Lolitas

    Perguntas por Silvão Respostas: banda Lolitas 1-A quanto tempo existe a banda? E qual a proposta de vocês? A banda existe desde Novembro de 2006. A idéia sempre foi de protesto, mandar uma idéia legal falar do quanto as pessoas não podem ficar caladas, paradas esperando as coisas acontecerem, melhorarem…Falar de preconceito e principalmente mostrar na prática do que mais as mulheres são capazes.rs 2-Existe alguma influencia em alguma banda feminina nacional ou estrangeira na musica de vc’s? Ah,têm muitas influências sim, bandas femininas nacionais tipo Mercenárias, Mesntruação Anarkika, Bulimia,…

Leia mais aqui

Katastrofobia

Katastrofobia

  Perguntas: Silvão Respostas: Katastrofobia -Fale-me do inicio do grupo? A banda teve início em janeiro de 2007 fazendo um punk/hc com influências de Cólera,Garotos Podres e Calibre 12.Nesta época faziam parte da banda:Kiko(vocal),Eder(Guitarra),Adaílson(Baixo) e Cro(Bateria).Em abril de 2007 eu entrei no baixo no lugar de Adaílson que não estava tendo mais tempo para a banda e assim começamos a compor músicas próprias e a tocar em nossa cidade.A banda sofreu várias mudanças e hoje está com Cro(que saiu da bateria e foi para o vocal/guitarra),Eu(baixo) e estamos vendo um…

Leia mais aqui

Diskontroll

Diskontroll

  1 – Dê quem foi a idéia de formar o Diskontroll e como tudo começou? Bonga: A idéia foi minha e do ex-baterista Denito (Defy, Disarm). Queríamos montar uma banda d-beat, algo como um neto do Discharge e um filho do Disclose, hehehe. Lembrando que hoje existem diversas bandas neste estilo no Brasil e uma certa cena já se formou, mas no começo de 2006 o lance era o underground do underground, hehehe. Tanto que para achar um guitarrista e um baixista tivemos que colocar anúncios na Internet. 2…

Leia mais aqui

Clenched Fist

Clenched Fist

  Perguntas: Silvão Respostas: Clenched Fist Fale-me sobre o início da carreira de vocês,dificuldades que tiveram no início etc? Bem , primeiramente obrigado pela oportunidade. Bom falando do inicio da banda, tudo nessa época é difícil, principalmente na escolha de integrantes, isso é muito importante, falta de apoio,falta de grana,foi muito difícil para nós gravarmos uma demo por exemplo, pois não tínhamos grana para nada, mais estes são problemas quase que gerais para quem quer montar uma banda de metal, por isso temos que ser guerreiros e não desistir nunca,…

Leia mais aqui

Civil Olydnand

Civil Olydnand

  Foi uma grata surpresa ver uma banda gringa e ainda mais “sueca”,tocar aqui em minha cidade! Curto hardcore/crust desde os anos 80,e nunca em minha vida imaginaria isto! rsrsrsrsrs Pois e,com esta “globalização”,internet,e o barateamento de viagens aéreas entre países do mesmo continente, estas coisas estão sendo possíveis…..coisas dos novos tempos! A banda em si toca um hardcore muito,muito diferente do que estou acostumado a ouvir de bandas da “Península Escandinava”(Suécia,Noruega,Finlândia). E um hardcore “limpo”,visceral,gostoso e saudável de se ouvir! Totalmente diferente de todas aquelas barulheiras crust de bandas…

Leia mais aqui